quinta-feira, 30 de abril de 2009

Recomendacoes para o fim de semana

Este post também é publicado no blog Folhas Pautadas.

Neste fim de semana alargado aproveitem para ver música clássica ao vivo. Já sabem, não deixem que as pantufas vos vençam, até porque já não está tempo para isso ! Não se esqueçam Ao Vivo é Outra Coisa !

Começando pelo Sul teremos em Évora no dia 3 de Maio a Orquesta do Algarve no Ciclo Concertos Promenade Caixa Geral de Depósitos. Será no dia 3 de Maio às 17h na Arena de Évora. será interpertrada a obra "Quadros de uma Exposição" de Mussorgsky.

Um pouco mais a Norte e em Portalegre teremos o 28º Encontro de Coros de Portalegre. Será no Sábado dia 2 de Maio às 16h no Centro de Artes do Espectáculo de Portalegre.

Em Carnaxide no Auditório Municipal Ruy de Carvalho a Orquestra de Câmara de Oeiras e Cascais apresentará um concerto intitulado "Homenagem a Haydn e Mendelssohn". Será no Sábado às 18h sendo interpretadas obras dos compositores homenageados, celá vá de soi :-) em particular o concerto para Violino Op. 64 de que temos falado aqui, o nosso o 5º concerto de Violino preferido. A orquestra será dirigida pelo maestro Nikolay Lalov.

Na invicta cidade do Porto teremos Jonathan Ayerst num recital de Órgão na Casa da Música no Domingo às 12h. Entrada Livre. Serão interpretadas obras de François Couperin, Johann Sebastian Bach e César Franck.

Finalmente na Madeira, no Casino da Madeira teremos a Orquestra Clássica da Madeira dirigida por Rui Massena num concerto intitulado "Uma Noite Especial". Será no Sábado às 21h.

Concerto para Piano nº 2 (Op. 18) de Rachmaninoff

Falamos embora muito brevemente deste concerto neste post em que vos falei da interpretação do pianista António Rosado com a OML Junior, num concerto de grande nível. Este concerto está na minha lista dos 5 preferidos ... Eu sei que isto é batota, já ontem falei dos de Beethoven, faltam dois para completar o meu "Top Five" ...

Composto no inicio do século vinte (entre 1900 e 1901) numa altura em que Rachmaninoff estava profundamente afectado na sua confiança pelo falhanço da sua primeira sinfonia. foi este concerto que o trouxe de volta à composição.

O concerto em Dó menor foi estreado em 27 de Outubro de 1901 com o compositor ao piano e Alexander Ziloti a dirigir a orquestra. Pese a inexperiência do maestro e o nervosismo do compositor o concerto foi um exito imediato.

O primeiro andamento é baseado num tema de uma melodia russa. Note-se que apesar disso todo concerto foi muito influenciado pelo concerto de Grieg de que falaremos amanhã.

O segundo andamento é uma das composições mais conhecidas de Rachmaninoff tendo inclusivamente sido por várias vezes utilizado em cinema. A calma absoluta antes do verdadeiro turbilhão de emoções.

Turbilhão esse representado no terceiro andamento por um tema brilhante e um final que normalmente leva as audiências ao delirio.

Oiça aqui as quatro partes do concerto.

Parte 1
Parte 2
Parte 3
Parte 4

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Concerto de Piano Preferido - Resultado Intermédio III

Ludwig van BeethovenLudwig van Beethoven (via last.fm)

Depois de passada uma semana em relação à ultima votação é com prazer que vos digo que tivemos 41 novos votantes neste período. Contamos agora com 74 votantes e um total de 235 Votos, um pouco mais de três por votante o que é perfeitamente razoável tendo em conta a qualidade da lista ... Faltam agora 52 dias para a votação terminar.

No que diz respeito a resultados mantém a surpresa na liderança com Ravel a liderar seguido de Bartok e agora o terceiro lugar de Gershwin. Muito modernos srs. leitores, muito modernos. Bem e agora caros e estimados apreciadores de Tchaikovsky, Beethoven, Mozart e mesmo Grieg, vamos deixar ficar a coisa assim ?

Como viram já comecei uma campanha por um dos clássicos, agora vamos ver se conseguimos que vençam, sem batota claro está. E vou continuar a campanha pedindo a vossa atenção para o Concerto nº 4 e Concerto nº 5 de Beethoven. Eu sei que sendo Beethoviano convicto me falta algum distanciamento mas creio que estão a ser injustiçados !

01. Ravel Nº1 (Obra Nº83) ........... 31 votos. Info aqui.
02. Bartók Nº3 (Sz. 119) ............ 22 votos.
03. Gershwin Nº1 in Fá .............. 20 votos.
04. Shostakovich Nº1 (Op. 35) ....... 17 votos.
05. Rachmaninoff Nº2 (Op. 18) ....... 14 votos.
05. Beethoven Nº 5 (Op. 73) ......... 14 votos. Info aqui.
07. Beethoven Nº 4 (Op. 58) ......... 13 votos. Info aqui.
07. Mozart nº 21 (K. 467) ........... 13 votos. Info aqui.
07. Prokofiev Nº3 (Op. 16)........... 13 votos.
07. Haydn (Hob. XVIII:11) ........... 13 votos.
11. Tchaikovsky Nº1 (Op. 23) ........ 12 votos. Info aqui.
11. Mozart Nº 20 (K. 466) ........... 12 votos. Info aqui.
13. Grieg Nº1 (Op. 14) .............. 10 votos.
14. Chopin Nº1 (Op. 11) ............. 08 votos.
14. Brahms Nº 1 (Op. 15) ............ 08 votos.
16. Schumann Nº 1 (Op. 54) .......... 07 votos.
17. Liszt Nº1 (S.124)
............... 03 votos.
17. Mozart Nº 24 (K. 491) ........... 03 votos. Info aqui.
18. Mendelssohn Nº 1 (Op. 25) ....... 01 votos.
Info aqui.
18. Saint Saens Nº2 (Op. 22) ........ 01 votos.

Reblog this post [with Zemanta]

segunda-feira, 27 de abril de 2009

As 10 pesquisas mais interessantes da semana (#15)

Esta semana registamos um total de 454 visitas das quais 324 de Portugal 97 do Brasil e 14 da França. O impacto do Google deu-se sobretudo nas visitas do país irmão ... Por cidades temos Lisboa com 150 e Porto com 29 seguida de São Paulo com 26 visitas.

Das pesquisas realizadas (num total de 72) seleccionamos estas 10:

1) beethoven sinfonia 7 : Bem falamos utilizando a análise de Berlioz aqui.

2) "o cravo bem temperado" chorzempa : O nosso atento leitor Pianoman falou deste pianista quando nos esclareceu sobre o Cravo bem temperado neste post.

3) "violoncelos capela" : Já temos por várias vezes falado deste Luthier português, sem dúvida um dos melhores. Sim é verdade que para além de violinos também faz violoncelos tendo inclusivamente fabricado um para Rostropovich. Como também já referi adorava dar-vos um site onde pudessem consultar mais informação mas infelizmente continuo sem o conseguir.

4) mozart piano nº20 : Bem é um dos concertos que está a votação na nossa lista de concertos de piano preferidos. Não está especialmente bem classificado por isso se apreciam este compositor não hesitem.

5) óperas de haydn : Falamos aqui das óperas de Haydn.

6) aaron copland : Compositor americano, do século XX de que falámos aqui de uma das suas composições, Lincoln Portrait.

7) luisa tender : Pianista portuguesa nascida no Porto em 1977. Podemos ouvi-la no dia 14 de Maio às 21:30 inserido no Festival Primavera Musical no Conservatório Regional de Castelo Branco. Leiam aqui o seu site oficial.

8) oxana anikeeva : Professora de origem russa que estudou na Escola Especial de Música de Lvov (Ucrânia). Há vários anos radicada em Portugal ensina actualmente no Conservatório Regional do Algarve Maria Campina.

9) stokowski sibelius : Efectivamente Stokowski foi um dos grandes maestros a interpretar Sibelius desde o período antes da segunda guerra quando isso não era propriamente visto como um sinal de grande modernismo. Muitas vezes criticado por alguma liberdade de interpretação não deixa de ser um dos maestros de referência do século XX.

10) baixar 8ª sinfonia de beethoven, baixar beethoven 4 sinfonia : Como já referi no nosso site não temos downloads de músicas. Recomendamos fortemente

domingo, 26 de abril de 2009

Dias da Música - Ultimo Dia

Hoje fui assistir a quatro concertos. Comecei logo pelas 11h com o Divino Sospiro com interpretações de Mozart e de Beethoven. Ao ler um comentário da uma nossa leitora apercebi-me que talvez fosse precisamente intenção dar a peças clássicas de outros períodos um aspecto mais barroco. Pois se assim foi este objectivo cumpriu-se aqui. Se gosto do efeito desta "fusão" bem, não , não gosto especialmente. Gostei mais de Beethoven do que de Mozart onde os solistas não me convenceram a 100% (excepção para o fagote).

Depois disso foi a vez do melhor concerto a que assisti em termos de conjunto e de conceito. Neste concerto foram tocados vários pares de Adagios e Fugas um de Mozart com um de Bach terminando com a Grande Fuga de Beethoven. Um fim feliz diria eu. Excelente quarteto (Leipziger Streichquarttet). Melhor concerto a que assisti nestes três dias.

Depois por volta das 19h já recomposto das emoções de mais um "paitrocinio" nas Lições de Bach fui ouvir a Orquestra Nacional Sinfónica da Ucrânia primeiro na Sinfonia Nº 3 de Schumann e depois no concerto para piano e Orquestra Nº 1 de Bela Bartok (ao piano Useyin Sermet). Gostei bastante do concerto mas sobretudo na peça de Bartok foi óbvio que o maestro "andava aos papeis" ...

No concerto final estava curioso com a estreia do segundo andamento composto pelo Pinho Vargas para o Terceiro concerto de Brandenburgo. Enfim já sabem que não é a "minha chávena de chá" mas até gostei e a ideia é muito interessante. De resto gostei muito da OML na interpretação de Weber e Britten . Mais uma vez gostei menos em Bach. Será que é por ter na cabeça gravações diferentes desses concertos que não consigo apreciar estas orquestras com formações mais reduzidas ? Será que foi isso também o que aconteceu com a English Chamber Orchestra ? Tenho de reflectir sobre o assunto ... Do Kings Consort e do Magnificat que interpretaram na segunda parte há pouco a dizer. Foi "quase" magnifico se me perdoarem o jogo de palavras demasiado fácil. Não me encheu as medidas a 100% ... mas gostei.

Reblog this post [with Zemanta]

Dias da Música : Os concertos do dia 25 de Abril de 2009

Hoje assisti a várias concertos. Em primeiro lugar, "paitrocinio" oblige, estive a ouvir os Violinhos no Espaço música livre às 13h. Sobre esta apresentação depois da anterior enunciação de interesse resta-me dizer que gostei bastante com grande parte do reportório interpretado sido adequadamente de Bach, houve algumas poucas peças de outros compositores mas que podem estar facilmente na linha da "herança".

Ouvi de seguida a Camarata Brasileira que nos ofereceu uma mistura muito curiosa do "Choro" e de Bach. Achei o concerto interessante e ficou-me a curiosidade de ouvir mais. Bach com cavaquinhos, viola e percursão e misturado com ritmo sul-americano é interessante também.

Tinha depois um bilhete para o Grande Auditório para ouvir a Orquestra de Camara Inglesa. Estava com algum receio dado que ontem não me tinham convencido de todo. Hoje foi um pouco melhor com uma composição mais generosa em termos de número de elementos. Britten foi bastante bom. Da interpretação da obra da familia de Bach, agora o filho, continuei a não gostar especialmente.

O ultimo concerto do dia foi com a Orquestra de Camara Portuguesa que foi uma surpresa muito agradável. Duas sinfonias, uma de Haydn e uma Mozart muito bem interpretadas. Gostei muito tanto mais que é visivel a juventude dos músicos que compõem esta orquestra que assim tem uma grande margem de progressão.

Amanhã há mais ... até lá fiquem bem com toda a música que puderem ouvir em Liberdade, numa dádiva que devemos sempre reconquistar e fazer por merecer.

sábado, 25 de abril de 2009

Os dias da Música na véspera da Liberdade

Acabei de chegar do CCB onde vi dois concertos. era minha intenção escrever de lá mas por alguma razão o meu telemóvel bloqueou ...

Estive neste concerto. Gostei do pianista. A Orquestra de Câmara Inglesa sobretudo no Bach foi uma desilusão.

Depois fui ouvir este outro. Já tinha ouvido esta violinista o ano passado com a Orquestra do Algarve. Confirmei o que pensava. A rapariga é muito expressiva corporalmente (demais até diriam alguns) mas infelizmente essa expressão não passa toda para o som ... As interpretações são sempre muito pessoais (o que é bom) mas não estou convencido da interpretação da peça de Bach.

Da interpretação de Bartok gostei muito e a peça que tocou no encore e de que não consegui apanhar o nome foi simplesmente fantástica.

Amanhã há mais ...
Reblog this post [with Zemanta]

25 de Abril de 1974 foi há 35 anos

25 de abril: A Revolución dos CravosImage by amaneiro via Flickr

Tinha nessa altura 9 anos. Estava na quarta classe. Hoje muitos dos jovens com esta idade não fazem a mínima ideia do que é não viver em liberdade. Tomam-na por um dado adquirido. Aliás nem conseguem conceber o que seria a sua ausência.

A bem dizer alguns dos leitores deste blog, os mais novos também estarão longe de perceber do que estou a falar.

Eu próprio já não me lembro de muito. Lembro-me da felicidade do meu pai. Lembro-me da policia politica à porta. Lembro-me das fotografias retiradas das salas de aula. Lembro-me das conversas em casa da família da minha mãe (francesa) e das palavras que utilizavam para qualificar o nosso país. Lembro-me da diferença que senti entre as minhas duas pátrias.

A liberdade é um bem sem preço, sem discussão mas que nunca pode ser tomada por adquirida. Tanto mais que nos ensina a história que é nestas ocasiões de crise em que nos encontramos que as soluções simplistas e populistas autoritárias mais florescem.

25 de Abril Sempre !
Reblog this post [with Zemanta]

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Recomendacoes para o fim de semana

Bem hoje tenho de começar por vos dizer que este fim de semana vai ser inteiramente dedicado à música. Vou passar grande parte da noite de Sexta , Sábado e Domingo no CCB. Haverá um intervalo para ir ver outro tipo de música, assim estilo sinfonia verde e branca no Sábado à noite em Alvalade mas de resto ...

Porém não quero deixar de vos dar algumas outras sugestões (sendo que se puderem venham à Lisboa ... ). essencialmente consegui encontrar concertos no Algarve (integrados no FIMA) e na Casa da Música do Porto.

Assim no Algarve mais precisamente no Auditório Municipal de Caldas de Monchique teremos na Sexta-Feira 24, Marian Sobula às 21:30 num recital de Piano. No dia 25 ainda no Algarve e sempre integrado no FIMA teremos Marian Sobula e Patrycja Piekutowska num recital de piano e violino. Será às 21:30 na Biblioteca Municipal de Castro Marim

Finalmente na Invicta teremos "Stimmung" pelo Neue Vocalsolisten Stuttgart na Casa da Música do Porto no Sábado 25 às 18h. Os que conhecem os meus gostos sabem que Karlheinz Stockhausen (o autor desta composição) não é propriamente "a minha chavena de chá" mas ...

O importante é saírem de casa e irem ver música ao vivo ! Já não está tempo para pantufas, deixem os chinelos descansar mais um pouco, vençam o sofá e ...


Reblog this post [with Zemanta]

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Mendelssohn - Concerto para piano (Op. 25) em Sol Menor.

Felix MendelssohnImage via Wikipedia

Este ano de 2009 é marcado por dois aniversários , o do falecimento de Haydn e o do nascimento de Mendelssohn. Como temos um dos concertos de piano a votação resolvemos começar a falar deste compositor, um génio que alguns afirmam ter sido mais precoce do que Mozart.

Devo dizer-vos que sou um admirador deste compositor pelo que me custa ver o seu concerto para piano com apenas um voto. Talvez com esta campanha possa subir um pouco ...

Este concerto foi composto entre 1830 e 1831 e estreado em Munique em 1831. Na altura em que estava a compor esta peça Mendelssohn tem 22 anos e apaixona-se por Delphine von Schauroth a filha de uma baronesa.

O concerto é relativamente curto em três andamentos claro e muito próximo de uma estrutura clássica de concerto

1º Andamento Molto allegro con fuoco (Sol Menor) , oiçam aqui
2º Andamento Andante (Mi Maior), oiçam aqui
3º Andamento Presto—Molto allegro e vivace (Sol Maior), oiçam aqui


Reblog this post [with Zemanta]

Mahler Terceira Sinfonia pela Orquestra Juvenil Gustav Mahler

Gustav Mahler in 1909Image via Wikipedia

Como vos tinha dito fui hoje ver e ouvir a Terceira Sinfonia de Gustav Mahler pela Orquestra Juvenil com o nome do compositor.

Quem conhece esta sinfonia em 6 movimentos e com uma duração considerável, sendo por isso e pelo conjunto de instrumentos e coro requeridos uma das menos interpretadas de Mahler sabe que se trata de uma obra absolutamente monumental.

Eu gosto de Mahler e gostei de ouvir esta sinfonia ao vivo pela primeira vez. Penso que a Orquestra esteve muitíssimo bem assim como os coros da Gulbenkian e o coro Infantil de Sta. Cecília. Achei que estes tinham um pouco de falta de potência. O meu filho não partilha esta opinião e acha que é propositado. Talvez assim seja. Admito que não conheço suficientemente bem a obra para emitir uma opinião definitiva. Gostei muito da mezzo-soprano. Não me é possível hoje apresentar-vos a obra completa, isso fica para futuros posts mas quero não obstante deixar-vos sem pelo uma interpretação do quinto andamento que podem ouvir aqui .

Die himmlische Freud' ist eine selige Stadt,
die himmlische Freud', die kein Ende mehr hat!
Die himmlische Freude war Petro bereit't,
durch Jesum und allen zur Seligkeit.


(Tradução do alemão de minha autoria ... desculpem-me qualquer liberdade poética motivada pelo sono e pelos parcos conhecimentos da lingua germânica)

A felicidade celeste é um estado abençoado
A felicidade celeste que não tem fim
e que a Pedro foi concedida,
Através de Jesus e para a toda a espécie humana
a felicidade eterna

Fiquem bem com um bocado de Mahler antes de dormir que esta mensagem de esperança faz bem à alma depois de um dia díficil.

Amanhã haverá mais (felicidade (e música))!

PS: Para os informáticos a linha anterior, não, definitivamente não, é LISP :-)
Reblog this post [with Zemanta]

terça-feira, 21 de abril de 2009

segunda-feira, 20 de abril de 2009

As 10 pesquisas mais interessantes da semana #14

1. concerto grosso : Definimos este tipo de concerto aqui. Embora tenham existido vários compositores que no período barroco tenham praticado esta forma com sucesso é sem dúvida com Corelli que esta forma atinge o seu expoente máximo.

2. biografia de henry purcell : Já falámos deste compositor aqui , possivelmente o maior compositor Inglês.

3. oitava sinfonia de Beethoven : Não sendo uma das mais conhecidas, perdendo em popularidade para a terceira, quinta, sétima ou nona, não deixa de ser uma obra fantástica. Aliás quando fizermos a votação para a melhor sinfonia a questão vai mesmo ser quantas sinfonias de Beethoven excluir. Falamos desta sinfonia aqui utilizando como referência

4. a morte e a donzela +schubert : Obra de Schubert, Quarteto para cordas num tom globalmente sombrio composto logo após o compositor ter sabido a natureza do mal que o afligia: A sífilis. Falamos desta obra aqui.

5. "david oistrakh" "lev oborin" "beethoven" "blogspot' : Bem houve um post em que falamos em simultaneo destes três primeiros nomes. Foi a propósito da sonata Primavera de beethoven em que propusemos uma interpretação desta dupla fabulosa. Leiam esse post aqui.

6. hideaki oshiro : Pianista Janponês, laureado do concurso Viana da Motta e que toca regularmente em Portugal, pelo menos numa das vezes fizemos referência aqui neste blog. Vejam no blog Lapsos de Tempo uma fotografia do pianista.

7. "o que é música clássica" : Tentamos uma primeira definição aqui. Não estamos ainda satisfeitos com a definição encontrada e por isso tentaremos melhorar.

8. accardo blogspot bach : Salvatore Accardo é um violinista e maestro Italiano que por acaso não estava na nossa lista de violinistas nem da de maestros. Nasceu em 1941 em Turim (Itália). É muito conhecido precisamente pelas suas interpretações de Bach.

9. antonio ferreira nccm : Pianista de quem recomendamos a visita ao seu site oficial. Algumas recomendações interessantes para próximos concertos que irão figurar certamente nas nossas sugestões de quinta-feira.

10. onde trabalhou claudio monteverdi : Falámos aqui de Claudio Monteverdi. Essencialmente trabalhou na sua cidade Natal Cremona e em Veneza onde viria a falecer.

Uma décima primeira pesquisa extra, um pequena prenda ...

11. kathleen kulhman : Mezzo Soprano americana nascida em 1950. Embore cante peças de várias fases do reportório clássico, desde o barroco ao romântico, o seu protagonismo foi adquirido na interpretação de obras do Barroco.


Reblog this post [with Zemanta]

Concerto pela Orquestra de Sopros do Conservatório Nacional

Palácio Nacional da Ajuda.Image via Wikipedia

Estive hoje à tarde no Palácio da Ajuda onde fui assistir a um concerto da Orquestra de Sopros do Conservatório Nacional. Devo dizer que para mim, que estou mais habituado a ouvir Orquestras de Cordas ou solistas também em cordas, foi sem dúvida uma experiência diferente a começar pela potência sonora sem dúvida exponencialmente maior.

Na verdade acompanhavam a orquestra três violoncelos e parece-me um contra-baixo que raramente se conseguiram ouvir perdendo no confronto sonoro numa luta desigual !

Confesso que não conhecia uma grande parte do reportório que foi interpretado: Windy City Overture de Johan de Meij , Deep Harmony de Handel e Parker e arranjos de Willem Flisijn, Dance Suite de Joseph Horovitz, Madrigal de Philip Sparke, Pangeae de Carlos Amarelinho e Yiddish Dances de Adam Gord. Foram também interpretadas variações sobre temas de Paganini que essas soaram familiares.

A dirigir a Orquestra estiveram vários alunos de mestrado em Direcção de Orquestra de Sopros do Instituto Piaget (tenho pena de não vos dar aqui os nomes mas não estavam infelizmente na folha de programa). O concerto integrou-se numa espécie de Master Class dada pelo maestro Jo Conjaerts (pelo menos foi o que entendi) e resultante de uma parceria entre o Conservatório Nacional e o Instituto Piaget iniciativa que pelo que ouvi se saúda claramente.

Sinceramente gostei do concerto embora me parecesse que a potencia sonora era excessiva para aquele espaço, ao ponto de nos momentos mais fortes a melodia já não ser perceptível tal o volume gerado. Achei igualmente que em certas passagens alguns naipes poderiam estar mais juntos mas como comecei por vos dizer no conjunto foi uma tarde muito bem passada e mais uma certificação de que a máxima que vos deixo todas as Quinta-Feiras é válida ! Deixem os chinelos em casa e vão ouvir música ao vivo!

Os meus parabéns a todos os jovens (e menos jovens) que tocaram ou dirigiram no concerto de ontem. Merecem !
Reblog this post [with Zemanta]

domingo, 19 de abril de 2009

O melhor concerto de piano - Resultado intermédio (II)

Após uma semana de votação tenho que registar alguma surpresa com o primeiro lugar de Maurice Ravel e agora também com o Segundo de Bartok. Como disse não é que não tenham qualidade mas são obras muito menos conhecidas do que os concertos de Beethoven e de Tchaikovsky por exemplo.

Em resumo temos nesta primeira semana 33 votantes com 94 votos ou sejam aproximadamente 3 votos por participante o que é uma média melhor do que na nossa votação para o violino. Faltam neste momento 61 dias para a votação terminar.

04. Ravel Nº1 (Obra Nº83) ........... 13 votos. Info aqui.
07. Bartók Nº3 (Sz. 119) ............ 10 votos.
01. Beethoven Nº 4 (Op. 58) ......... 08 votos.
02. Rachmaninoff Nº2 (Op. 18) ....... 07 votos.
04. Beethoven Nº 5 (Op. 73) ......... 07 votos. Info aqui.
07. Gershwin Nº1 in Fá .............. 07 votos.
02. Grieg Nº1 (Op. 14) .............. 06 votos.
06. Tchaikovsky Nº1 (Op. 23) ........ 05 votos. Info aqui.
07. Chopin Nº1 (Op. 11) ............. 05 votos.
07. Brahms Nº 1 (Op. 15) ............ 04 votos.
16. Mozart nº 21 (K. 467) ........... 04 votos. Info aqui.
11. Mozart Nº 20 (K. 466) ........... 04 votos. Info aqui.
11. Schumann Nº 1 (Op. 54) .......... 03 votos.
11. Liszt Nº1 (S.124)
............... 03 votos.
16. Haydn (Hob. XVIII:11) ........... 03 votos.
11. Shostakovich Nº1 (Op. 35) ....... 02 votos.
15. Prokofiev Nº3 (Op. 16)........... 01 votos.
16. Mozart Nº 24 (K. 491) ........... 01 votos. Info aqui.
16. Mendelssohn Nº 1 (Op. 25) ....... 01 votos.
16. Saint Saens Nº2 (Op. 22) ........ 00 votos.







Louis Armstrong - Danny Kaye

O meu filho mostrou-me este vídeo que não resisto a partilhar convosco. Para além do óbvio talento dos dois interpretes se eu quisesse definir um hino para o nosso blog dificilmente encontraria melhor. Aliás vamos aqui lançar um pequeno desafio, será que conseguem dizer o nome dos compositores citados ?

PS: Pede-me o meu filho para vos dizer que este vídeo foi "encontrado" e recomendado pela sua professora de violino que costuma presentear os seus alunos com estes verdadeiros achados.

sábado, 18 de abril de 2009

Concerto para Piano de Ravel

Para minha surpresa este concerto está no primeiro lugar da nossa votação para o nosso concerto de piano preferido. É uma surpresa não porque o concerto não tenha qualidade (obviamente tem senão não estaria na nossa lista)mas porque face a outros concertos com maior notoriedade pensamos que não teria hipótese.

Este concerto foi composto em simultâneo com o concerto para mão esquerda entre os anos 1929-1931. O concerto foi estreado pela pianista Marguerite Long a quem é dedicado. Essa dedicatória aliás tem em si mesmo uma história dado que aparentemente Ravel se teria arrependido da mesma e apenas o seu precário estado de saúde o teria impedido de estrear ele próprio o concerto como seria o seu desejo.

O concerto tem uma forma clássica em três andamentos sendo o primeiro (Allegramente) na forma de sonata e com bastante inspiração no Jazz lembrando aliás por vezes Gershwin. Ravel tinha dito aliás que o trabalho deste compositor Norte-Americano o intrigava bastante. Oiçam aqui uma interpretação de Leonard Bernstein.

O segundo andamento é muito calmo (Adagio Assai ) e contemplativo na boa forma clássica, leve era a palavra que Ravel gostava de utilizar, com semelhanças no espírito a uma Gnossiene de Satié por exemplo. Dos três abdamentos deste concerto é o meu preferido, a melodia é lindissima. Podem ouvir aqui uma interpretação de Leonard Bernstein.

O terceiro é um curto e rapidissimo Presto que podemos ouvir aqui.

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Acto Dois: YouTube Symphony Orchestra no Carnegie Hall

A segunda parte do concerto do You Tube. Relembramos que houve dois portugueses na Fase Final tendo um deles o Tiago Santos, estudante na ESART, em Castelo Branco estado presente neste fantástico concerto.

Acto Um: YouTube Symphony Orchestra no Carnegie Hall

Pois é já foi o concerto da Orquestra do You Tube. Para nós portugueses é bom saber que havia um músico português na Orquestra. Não sei se haveria brasileiros mas neste concerto foi interpretada uma obra de Heitor Villa Lobos (vejam no minuto 43) Bachiana Brasileira Nº 9.

experiência via telemóvel

uma experiência para testar a cobertura ao vivo (mais ou menos ) dos dias da música :-)

quinta-feira, 16 de abril de 2009

FIMA 2009 e Recomendações para o fim de semana

Este post também é publicado no blog Folhas Pautadas. Em destaque para este fim de semana a preparação psicológica para os Dias da Música do próximo fim de semana e sobretudo o FIMA 2009 ! Muitas sugestões musicais do sul ao norte ... passando pelo interior também.

Começando no Sul do país teremos no Algarve em Loulé no dia 19 de Abril a Missa em Dó Maior de Eberlin. Será às 11h. Esta informação vem do Belogue de Notas. Não sei em que local ...

Ainda em Loulé no Centro Cultural São Lourenço teremos um Recital de Piano e Violoncelo por Eric Le Sage e François Salque. Será na Sexta-Feira 17 de Abril às 21:30. Serão interpretadas obras de Schumann, Fauré, Debussy e Beethoven.

Ainda no Algarve continua o FIMA 2009 - 31º Festival Internacional de Música do Algarve com um concerto pela Orquestra da Extremadura dirigida por Osvaldo Ferreira. Será solista o pianista Armando Mota. Será no Centro de Congressos do Arade Sexta-Feira às 21:30. Serão interpretadas obras de Glinka, Rachmaninoff e Tchaikovsky.

Um pouco mais ao norte em Évora teremos no Domingo 19 de Abril às 18.00 no Convento dos Remédios um Recital de Canções Sacras com Luiza da Gama Santos.

Em Palmela teremos o Ensemble VOCT no Auditório Municipal de Pinhal Novo no Sábado 18 de Abril às 22h. Estamos a falar de um grupo vocal que interpreta obras "a cappella" e que possui um reportório bastante variado desde a música erudita até à música ligeira passando pelo Jazz. A entrada é livre.

Também no Sábado às 21h no Teatro Nacional de São Carlos teremos os Solistas da OSP e o Quarteto Vianna da Motta dirigidos por Ingo de Haas. Serão interpretadas obras de Edvard Grieg, Spohr e Haydn.

No Domingo 20 de Abril às 17h00 no Palácio dos Aciprestes teremos um concerto pelo quinteto de sopros da Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras. Serão interpretadas obras de M. Musorgsky, H. Berlioz e Debussy

Em Coimbra no Pavilhão Centro de Portugal teremos a Orquestra Clássica do Centro dirigida por Virgílio Caseiro no Sábado 18 de Abril às 21:30. Será interpretado o Concerto para Guitarra e Pequena Orquestra de Heitor Villa-Lobos com Rui Namora na Guitarra Solo.

Em aveiro teremos no Teatro Aveirense do dia 16 ao dia 18 a "A Casinha de Chocolate" de Humperdinck pela Filarmónia das Beiras. Os horários variam segundo dos dias no Sábado sendo às 17:30. Sugerimos a visita ao site do Teatro Aveirense que vale a pena.

Na invicta cidade do Porto na Casa da Música teremos os solistas da ONP, Quinteto de Sopros (III) no Sábado dia 18 às 12h, uma excelente proposta antes do almoço. Serão interpretadas obras de Heitor Villa-Lobos, Júlio Medaglia e Liduino Pitombeira.

Em Vila Velha de Rodão no dia 18 de Abril, Sábado encerra-se o Festival organizado pela Scutvias ao longo de várias localidades espalhadas ao longo da A23 (ideia muito engraçada e que se saúda). Mais informação sobre o programa deste concerto aqui no Jornal Reconquista.

Finalmente em Viana do Castelo teremos o Europa String Quartet no lindissimo e charmoso Teatro Municipal Sá de Miranda. Será no Sábado às 21:30. Trata-se de um quarteto com excelentes músicos pelo que embora não conheça o programa recomenda-se a audição ...

E assim já sabem, deixem o sofá e as pantufas e vão ver música ao vivo ! Aproveitem e digam-nos o que acharam do que foram ver ! E para a semana que vem não deixem de visitar o CCB nos Dias da Música !

Mozart Concerto Nº 20 (K. 466) em Ré Menor

Este concerto para piano e orquestra escrito foi como muitas obras de Mozart num ápice, o que se sabe através da correspondência existente entre o pai de Mozart e uma das irmãs do compositor.

A obra foi estreada a 11 de Fevereiro de 1785 em Viena sendo o próprio Mozart o Solista. Este concerto, o primeiro dos dois que escreveu numa tonalidade menor, foi escrito já depois de ter deixado o serviço do arcebispo de Salzburgo e insere-se no plano de Mozart para se conseguir sustentar.

O concerto é composto de três andamentos que vamos poder ouvir numa interpretação de três pianistas. 1º Andamento (Allegro) interpretado por Gulda. O 2º andamento (Romanze) podemos ouvi-lo aqui desta vez por Marta Argerich. Finalmente o 3º Andamento (Allegro assai) encontrei uma versão interpretada por Chick Corea grande pianista de Jazz que aqui tenta um género diferente ... é interessante ...

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Votação do concerto de piano preferido

Dos primeiros dias de votação começam já a destacar-se alguns favoritos. Confesso que estou um pouco surpreendido com a total ausência de votação em Mozart. Tal como fizemos para o violino vamos procurar falar aqui de todos os concertos presentes a votação e tendo em conta o ponto anterior vamos precisamente começar por Mozart.

Estou muito à vontade para fazer esta campanha, sendo eu "Beethoviano" convicto :-). Não percam tempo ... Podem votar já (podem sempre mudar a votação depois) e não se esqueçam que é permitida a votação em mais do que um concerto !

Assim dos três concertos de Mozart que coloquei na lista já falámos de dois:

3. Mozart nº 21 (K. 467) em Dó Maior. Composto em 1785. Falamos dele aqui. Se ouvirem o tema no piano que começa perto do minuto 1:43 (no extracto que vos mostro do segundo andamento) vão reconhecer certamente o concerto. Este segundo andamento é uma maravilha é possivelmente uma das minhas peças preferidas de Mozart.

4. Mozart Nº 24 (K. 491) em Dó Menor. Composto em 1786. Falamos dele aqui. Entretanto ao rever o post verifiquei com grande pena minha que o video do You Tube a que fazia referência foi retirado por "violação de utilização" ... Enfim nem vou comentar porque não vale a pena. Em vez desse vejam este outro ...

Do Nº20 fica prometido que falaremos amanhã.

terça-feira, 14 de abril de 2009

As 10 pesquisas da semana #13

Portugal manteve-se na frente com 276 visitas contra 118 do Brasil e 16 da França que voltou ao terceiro lugar. Por cidades Lisboa com 131 visitas o Porto com 31 e São Paulo com 20 foram as três principais fontes.

Por alguma razão que desconheço (ainda) o número de visitantes nesta semana provenientes de pesquisas via Google desceu brutalmente. Recebíamos cerca de 50 visitas por dia através dessa ferramenta de pesquisa passámos agora para 10% desse valor ... Enfim será um caso a examinar e que excitou a minha curiosidade científica.

Obviamente ficou mais difícil escolher 10 pesquisas interessantes ou seja aqui ficam desta vez 10 pesquisas "mais ou menos interessantes" :-)

1. "fidelio" : Beethoven compôs apenas uma ópera mas que Ópera ! Falámos dela aqui.

2. jean pierre rampal biografia : A Jean Pierre Rampal deve a flauta uma parte da sua recolocação enquanto instrumento solista. Falámos deste instrumentista de eleição aqui.

3. o maior violinista século xx : Bem esta também seria uma votação interessante. Temos uma lista aqui. Qual o "melhor" desta lista ? Seria relativamente fácil chegar a uma listagem de 20 mais ou menos mas depois escolher entre esses ? Certamente uma futura tarefa para os leitores deste blog !

4. sinfonia pastoral beethoven : A sexta sinfonia de Beethoven. Assim chamada pelo seu caracter tranquilo e próximo da natureza. Falamos dela aqui.

5. tudo sobre claudio monteverdi : Bem falámos deste compositor aqui. Dizer que dissemos "tudo" seria exagero bem entendido.

6. restauradores de clavicordio : Ora aqui está uma questão interessante. Sinceramente não conheço. Talvez algum dos nossos leitores saiba indicar ...

7. oml junior rachmaninoff e "antonio rosado" piano oml junior : Falamos deste concerto aqui. Foi uma ocasião fantástica um concerto que dificilmente esquecerei.

8. "lourenço varela cid" : Estamos definitivamente numa onda de piano. Falamos deste controverso pianista português, o Rimbaud do piano português como eu lhe chamo aqui.

9. "van cliburn" : Outro pianista ... eu não vos dizia ... Leiam aqui uma curta biografia.

10. qual o animal que gosta de musica argentina : Bem esta ganha o prémio de originalidade formal da semana. Eu gosto de música argentina se estivermos a falar de Tango. quer na sua vertente popular quer estilizado como por Piazolla. Concluindo o animal posso ser eu!

domingo, 12 de abril de 2009

Actualização do Site: Orgãos de Portugal

Caros Leitores

Recebemos a notícia que o site Orgãos de Portugal foi actualizado. Este site como sabem contém informação sobre mais de duas centenas de Orgãos existentes em Portugal (250 com esta nova actualização). Para quem gosta de Orgão ou mais geralmente para quem gosta do património cultural este site é de visita obrigatória.

Aqui fica o convite !

sábado, 11 de abril de 2009

Votação - O Melhor Concerto para Piano

Bom como prometido assim que estivesse terminada a votação do melhor concerto de Violino passaríamos para o piano. Com a preciosa ajuda dos Pianoman conseguimos chegar a uma lista de 20 concertos imprescindíveis, a que vamos chamar "melhores" no critério pressuposto de que são obras "fáceis" ... (excluímos alguns cuja apreciação exige talvez uma maior familiaridade). De uma forma geral procuramos ter apenas um concerto por compositor abrindo apenas duas excepções: Mozart a quem oferecemos três lugares e Beethoven a quem oferecemos dois.

Assim a lista a votação por ordem cronológica é:

1. Haydn (Hob. XVIII:11) em Ré Maior . Composto entre 1780 e 1783.
2. Mozart Nº 20 (K. 466) em Ré Menor . Composto em 1785.
3. Mozart nº 21 (K. 467) em Dó Maior. Composto em 1785.
4. Mozart Nº 24 (K. 491) em Dó Menor. Composto em 1786.
5. Beethoven Nº 4 (Op. 58) em Sol Maior. Composto entre 1805 e 1806.
6. Beethoven Nº 5 (Op. 73) em Mi bemol Maior. Composto entre 1809 e 1811.
7. Chopin Nº1 (Op. 11) in Mi Menor. Composto em 1830.
8. Mendelssohn Nº 1 (Op. 25) em Sol Menor. Composto em 1837.
9. Schumann Nº 1 (Op. 54) em Lá Menor. Composto entre 1841-1845.
10. Liszt Nº1 (S.124) em Mi Bemol Maior. Composto entre 1830 e 1849.
11. Brahms Nº 1 (Op. 15) em Ré Menor. Composto em 1859.
12. Saint Saens Nº2 (Op. 22) em Fá. Composto em 1868.
13. Grieg Nº1 (Op. 14) em Lá Menor. Composto em 1868.
14. Tchaikovsky Nº1 (Op. 23) em Si Bemol Menor. Composto entre 1874 e 1875.
15. Rachmaninoff Nº2 (Op. 18) em Dó Menor. Composto em 1901.
16. Prokofiev Nº3 (Op. 16). Composto entre 1916 e 1917.
17. Gershwin Nº1 in Fá . Composto em 1925.
18. Ravel Nº1 (Obra Nº83 do catálogo de Maurice Marnat) em Sol. Composto em 1931.
19. Shostakovich Nº1 (Op. 35) em Dó Menor. Composto em 1933.
20. Bartók Nº3 (Sz. 119) em Mi. Composto em 1945.

Tal como no caso do violino vou nestes próximos dias recordar estes concertos.

Concerto de Violino preferido - Resultados Finais : Os cinco primeiros

Chegou ao fim a votação do nosso Concerto para Violino preferido. Confesso que o resultado da votação foi para mim uma surpresa. Eu não ignoro o facto do concerto de Beethoven ser considerado o "standard" na avaliação de grandes violinistas nem tão pouco o facto de alguns especialistas o considerarem "o melhor" mas pensei que outros mais "mediáticos" pudessem senão vencer pelo menos estar mais perto em votos ...

Registamos 123 votantes a que corresponderam 228 votos ou seja uma média de 1,8 votos por pessoa o que regista uma certa modéstia dos nossos visitantes quanto a preferências violinisticas. Isso ou uma capacidade de escolha notável dado que eu por exemplo fui incapaz de escolher menos do que 5 ...

Bom vamos então aos resultados começando pelo Top 5 ... Desta vez proponho-vos uma gravação de referência

1º Beethoven Op. 61 em Ré Maior (1806) : 33 Votos. Informação sobre este concerto aqui. É difícil recomendar-vos apenas uma gravação deste concerto. Há dois interpretes de que gosto especialmente nesta peça: Perlman e Menuhin. Ambos gravaram várias vezes este concerto com vários maestros e orquestras, ao vivo e em estúdio. Qualquer gravação destes senhores é recomendável, pessoalmente prefiro esta : Menuhin e Furtwangler com a Philarmonia Orchestra.

2º Tchaikovski Op. 35 em Ré Maior (1878) : 25 Votos. Informação sobre este concerto aqui. Bem para este concerto pese embora o caracter "Ocidental" de Tchaikovsky para esta obra teriamos de escolher forçosamente um violinista Russo. Infelizmente este critério não chega para desempatar entre Heifetz e Oistrack e mesmo o menos conhecido Kogan. Não tendo o diabo à mão para desempatar proponho Oistrack neste DVD com a gravação de 1968 que é de certa forma uma referência (existem outras edições deste concerto apenas com o som).

3º Brahms Op. 77 em Ré Maior (1878) : 21 Votos. Informação sobre este concerto aqui. Aqui já que no Beethoven escolhi Menuhin vou propôr-vos Perlman. Não é por acaso (penso) que estes dois violinistas se dão especialmente bem com estes dois concertos ... Mas isto provavelmente Brahms não gostaria de ouvir :-) ... Se escolherem este CD ficam com o bonus de terem no mesmo suporte o primeiro e o terceiro classificado desta lista.

4º Bach BWV 1041 em Lá Menor : 20 Votos . Informação sobre este concerto aqui. Propomos esta gravação com Isaac Stern e English Chamber Orchestra.

5º Mendelssohn Op. 64 em Mi Menor (1844) : 18 Votos . Informação sobre este concerto aqui. Propomos esta gravação com Pinchas Zuckerman com a Filarmónica de Nova Iorque dirigida por Bernstein.

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Dvorak - Concerto para Violino em Lá Menor (Op. 53)

Embora para efeitos da votação seja impossível que este concerto deixe o ultimo lugar não quis deixar de pelo menos vos falar um pouco dele.

Foi composto no verão de 1878 inspirado ele também pelo nosso já conhecido violinista Joseph Joachim a quem Dvořák teria intenção de dedicar o concerto. Porém Joseph Joachim tinha várias objecções à obra tendo inclusivamente pedido a Dvorak uma revisão completa de várias partes que o compositor - um verdadeiro maníaco da revisão - alegremente aceitou e executou.

Porém mesmo assim Joseph Joachim nunca executou publicamente a obra que foi estreada em 1883 em Praga pelo violinista František Ondříček amigo de Dvořák.

O concerto possui uma estrutura perfeitamente clássica com três andamentos na sequência Rápido-Lento-Rápido.

O concerto é profundamente lírico dizendo-se que Dvořák o preferia ao seu hoje muito mais conhecido concerto para Violoncelo. Pessoalmente tenho de vos dizer que estou mortificado por este ultimo lugar, bem sei que dos 20 melhores mas mesmo assim.

Oiçam aqui o primeiro andamento (Allegro ma non troppo) primeira e segunda parte, segundo andamento (Adagio ma non troppo), terceiro andamento (Allegro giocoso ma non troppo) - Primeira e Segunda parte.

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Recomendações para o Fim de Semana

Este post também é publicado no blog Folhas Pautadas.

Começando no Algarve teremos no Domingo pelas 17h na Igreja Matriz em Martinlongo o Concerto da Páscoa pela Orquestra do Algarve dirigida por Laurent Wagner. Serão interpretadas obras de Igor Stravinsky, P. Tchaikovsky e Antonin Dvorák

Em Lisboa mais precisamente no Palácio Nacional de Queluz teremos a Orquestra de Cordas do NCCM com a solista Lídia Serejo (Flauta) dirigida por António Ferreira. Será no Sábado às 17h serão interpretadas obras de Carlos Seixas, Vivaldi, E. Elgar e O. Respighi.

No Sábado 11 às 18h em Óbidos no Santuário do Senhor Jesus da Pedra teremos um concerto intitulado "Grande Concerto Coral Sinfónico" com a Orquestra Filarmonia das Beiras e o Coro Regina Coeli de Lisboa. Será interpretado o Stabat Mater de Pergolesi e a Missa in Tempori Belli de Haydn.

No Domingo 12 teremos o Marchen Trio no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha às 21:30.

Na invicta cidade do Porto poderemos assistir ao Concerto de Páscoa pela Orquestra de Jovens de Portugal, Momentum Perpetuum, composta por 80 músicos, com idades compreendidas entre os 13 e os 25 anos e dirigida pelo Maestro Martin André. Será no Sábado às 18h na Casa da Música do Porto. Serão interpretadas obras de Nikolai Rimski-Korsakoff, Borodine e Tchaikovski.

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Prokofiev - Violin Concerto nº 1 Op. 19

Este concerto começou a ser composto em 1915, na altura para ser um concertino num único andamento. Porém eventualmente por ter interrompido a sua composição para se dedicar a uma ópera quando retomou a obra Prokofiev decidiu transformar o conceito num concerto em três andamentos. Estávamos então em 1917 mas o concerto apenas viria a ser estreado em 1923 em Paris.

A estreia não foi propriamente um sucesso em grande parte porque não foi fácil encontrar um solista (Marcel Darrieux). O concerto foi dirigido por Serge Koussevitzky com a Orquestra da Ópera de Paris. Não sendo convencional na forma foi considerado demasiado romântico para uma Paris nitidamente à procura das ultimas novidades.

Os dois andamentos exteriores mais calmos enquadram um Scherzo vivíssimo. Para ilustrar este concerto escolhemos Vadim Repin com a Orquestra da Federação Russa dirigida por Yevgeny Svetlanov.

Parte 1, Parte 2,
Parte 3.

Concerto de violino preferido - Faltam só 2 dias !

Ora bem temos neste momento 119 votantes (+14 do que no anterior post) nesta eleição quando faltam só dois dias. Vamos por essa razão fazer publicidade aos quatro concertos que ainda não têm uma descrição mais pormenorizada neste blog:

Prokofiev
Glass
Glazunov
Dvorak

O concerto para Violino de Beethoven mantém-se na frente com 32 votos mais 9 do que o Concerto de Tchaikovsky segundo classificado. Registam-se 222 votos (+29 do que no anterior post) apenas um pouco mais do que um voto por pessoa.

1º Beethoven (Op. 61) .................. 32 votos (info. aqui)
2º Tchaikovsky (Op. 35) ................ 23 votos (info. aqui)
3ºs Bach (BWV 1041) .................... 20 votos (info. aqui)
3ºs Brahms (Op. 77) .................... 20 votos (info. aqui)
5º Mendelssohn (Op. 64) ................ 18 votos (info. aqui)
6ºs Sibelius ........................... 14 votos (info. aqui)
6ºs Mozart nº 3 (K. 216) ............... 14 votos (info. aqui)
8ºs Stravinsky ......................... 12 votos (info. aqui)

8ºs Bruch .............................. 12 votos (info. aqui)
10º Paganini (Op. 6) ................... 10 votos (
info. aqui)
11ºs Shostakovich ...................... 07 votos
(info. aqui)
11ºs Prokofiev ......................... 07 votos (info. aqui)
11ºs Kachaturian ....................... 07 votos (info. aqui)
14ºs Glass ............................. 06 votos
15º Elgar .............................. 05 votos (info. aqui)
16ºs Saint Saens ....................... 04 votos (info. aqui)
16ºs Vieuxtemps ........................ 04 votos (info. aqui)
18ºs Korngold .......................... 03 votos
(info. aqui)
18ºs Glazunov .......................... 03 votos
20ºs Dvorak ............................ 02 votos

segunda-feira, 6 de abril de 2009

As dez pesquisas mais interessantes (semana #12)

Brasil voltou a ser esta semana o país responsável pelo maior número de visitas (423) contra 391 de Portugal. O terceiro lugar voltou para o Reino Unido com 18 visitas. Por cidades Lisboa mantém o primeiro lugar com 230 visitas São Paulo com 104 mantém o segundo lugar e o Rio de Janeiro bate a invicta cidade do Porto para o terceiro lugar com 39 visitas (contra 38 da Invicta).


1. korngold violino concerto guia de musica clássica : É um dos concertos que está na nossa lista de concertos de violino preferidos que está actualmente a votação. Mais informação sobre este concerto aqui.

2. souleve la paupiere close : É um dos versos de uma canção de Berlioz de que falamos aqui.

3. shinichi suzuki : Pedagogo japonês autor de um método de ensino de violino que revolucionou o seu ensino (sobretudo a iniciação). Na verdade deste e de outros instrumentos. Falamos dele aqui.

4. raquel reis recital gulbenkian critica : Infelizmente de vez em quando aparecem perguntas deste tipo. E digo infelizmente porque raramente consigo ir ver estes recitais para poder depois falar-vos deles. Gostaria muito de o fazer porque estou seguro que os músicos mais do que mereceriam um comentário agradável. Desta forma se alguém foi a este recital por favor diga-nos o que achou ...

5. samuel scheidt biografia : Compositor alemão do inicio do período barroco. Nasceu em Halle em 1587 e compôs essencialmente obras sacras.

6. melhores violinistas do mundo rank : Bem eu penso que não é (ainda) como no ténis. Não existe um ranking estilo AVP (Associação dos Violinistas Profissionais) :-) ... O melhor que temos é a nossa lista ... aqui.

7. livros marcel moyse: Marcel Moyse foi um flautista notável. Nao temos ainda uma biografia mas deveriamos ...

8. kol nidrei : Prece Judaica base do desenvolvimento de alguma obras clássicas nomeadamente a de Max Bruch de que gosto particularmente para violoncelo e Orquestra.

9. dança húngara nº 5 brahms : Falamos destas danças aqui. Embora não sendo um trabalho original de Brahms foram muito populares no seu tempo continuando a ser uma das obras mais vezes interpretadas deste compositor.

10. a vida de claudio monte verde: Assim mesmo. Escrito desta forma apetitosa. Não sei porquê faz-me lembrar ovos verdes. Não coloco aqui esta forma para fazer pouco de quem assim procurou. Antes pelo contrário. A ortografia correcta do nome deste compositor Claudio Giovanni Antonio Monteverdi e pode encontrar mais informação aqui. É uma das pesquisas mais frequentes neste blog em várias formas o que de certa forma me deixa bastante surpreendido.

domingo, 5 de abril de 2009

Concerto da OML Junior - Concerto para piano nº2 de Rachmaninoff

Acabei de chegar do concerto da OML Junior em que entre outras obras foi interpretado o segundo concerto para piano de Rachmaninoff que aliás estará a votação em breve aqui. O que vos posso dizer ? Que grande nível estes jovens mostraram. António Rosado ao piano esteve ao seu nível. Que experiência para estes jovens sem margem para dúvidas. Emocionaram-me. Fizeram (houve) música. Houve paixão. Os meus parabéns à OML.

O resto do concerto em que actuaram duas outras orquestras uma de sopros e uma de iniciados (cordas) foi também muito bom mas o Concerto de Rachmaninoff encheu-me as medidas.

sábado, 4 de abril de 2009

Second Life - Banda Sonora por Bernardo Sasseti

Estava o outro dia numa das minhas conversas sobre temas relacionados com música com o meu filho que é um grande fã de bandas sonoras de filmes. Perguntou-me: "O que seria um filme sem banda sonora ?" . Respondeu quase de imediato à sua pergunta retórica: "Seria outra coisa" ...

Vinha esta conversa a propósito da Banda Sonora do filme Second Life que estávamos a ouvir. E na verdade tenho de confessar que ainda não vi o filme (shame on me) ... mas a banda sonora já me transmitiu um ambiente, um cenário. Na minha imaginação já construí um enredo, uma trama, de tal forma a música que ouvi é envolvente. E não posso assim deixar de vos falar disso ...

Chief Raven Ruled Out the plead handed him
"Trust the Word of the King", said he, with a trickster Grin


Uma melodia fantástica e uma interpretação notável combinado com a poesia da letra fazem-nos partir para um enredo mesmo sem o filme. Certamente diferente, guiado pela nossa imaginação mas uma grande história na mesma. Para mim foi uma viagem à adolescência guiado por uma recordação dos "Genesis" que a segunda faixa me lembrou ... para vós será ?

De momento mágico em momento mágico com um solo de Saxo em "The Seductress" a quarta faixa do disco vamo-nos esquecendo do cenário que nos rodeia. Já estamos por esta altura numa segunda vida. E no solo de violino do faixa 7 já nos perguntamos como seria se ... E eis-nos mergulhados num outro universo, que uma valsa lindissima ajuda a materializar. A faixa 11 dedicada a Carlos do Carmo, Itália - Movimento Fado exprime de forma magnifica essa dualidade.

Como vos disse não vi o filme. Mas ao ouvir esta banda sonora já vi um filme, outro filme. Já imaginei uma história, já chorei um fim menos feliz, já me interroguei sobre os acasos que moldam a nossa vida.

Bernstein dizia da música que esta encerrava a forma perfeita da metáfora porque sendo perfeitamente abstracta tudo dizia sem nada limitar. O que vos estou a tentar dizer é que esta banda sonora conta só por si uma história. Diferente para cada um de nós certamente. Mas será sempre uma bela história ...

Já admirava muito Bernardo Sassetti enquanto pianista. Nunca tinha tido ocasião de o ouvir enquanto compositor. O que vos posso dizer mais ? Bem é um disco que vou certamente ouvir muitas vezes nos próximos tempos. Recomendo certamente que façam o mesmo.

Da Sinfonietta de Lisboa e do Maestro Vasco Pearce de Azevedo já vos tínhamos por várias vezes recomendado concertos ao vivo. Desta vez fica aqui um convite para ouvirem esta Orquestra em chinelos :-) e em gravação, mas atenção apenas esta vez e é porque não há (pelo menos não sabemos) interpretação ao vivo prevista ... o que aliás seria um projecto (multimedia?) interessante ...

E por fim não queria deixar de terminar este post sobre esta obra dizendo que é de admirar, apreciar, louvar e apoiar quem assume o risco de construir um projecto de uma banda sonora original de um compositor português e interpretado por uma orquestra portuguesa com músicos portugueses.

Comprar este disco é fácil. Basta apontarem o vosso browser para aqui . Em nota de rodapé a Trem Azul é a editora dos discos do Bernardo Sassetti. Acreditem, não existe melhor forma de apoiarem esta iniciativa que o merece tanto pela audácia como pelo mérito artístico.

Os concertos de Piano da nossa preferência

Posso desde já dizer-vos que assim que terminar a eleição do concerto de violino deste blog e depois de festejarmos devidamente a vitória ... do vencedor ... :-) passaremos de imediato ao (segundo :-)) grande instrumento solista: O Piano.

Pronto amigos pianistas isto é a brincar, esqueçam o que está entre parênteses e ficaremos todos felizes. Eu até estou a aprender a tocar piano, e isto é a sério não é uma brincadeira ...

Bom o meu problema é que quando neste outro blog que infelizmente tive de abandonar por manifesta falta de tempo tentei listar apenas 20 concertos de piano não consegui seleccionar entre os 26 que vêm na lista ... Podem dar-me uma ajuda ? Podem também dar-me simplesmente a vossa lista ou indicar-me outras listas já existentes ... Toda a ajuda é muito bem vinda.

Pianoman ? Quais suprimiria e quais adicionaria ?

Não se esqueçam que este blog pretende ser introductório à Música Clássica ... Assim no nosso critério tentemos evitar obras "mais dificeis" ...

Bom aqui fica o pedido de ajuda ... Comentem à vontade !

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Recomendacoes para o fim de semana

Este post também é publicado no blog "Folhas Pautadas". Para começar estas recomendações vamos iniciar esta viagem ao país por Lisboa o que é contrário ao habitual ...










Assim no Domingo teremos no CCB pelas 17:30 a Orquestra Metropolitana Junior que tocará um programa que contém uma surpresa que vos garanto vale a pena darem um pulo ao CCB.

Recomeçando a ordem habitual temos no sul mais precisamente no Algarve no Cine-Teatro São Brás em S. Brás de Alportel, Sábado às 21:30 a Orquestra do Algarve dirigida por Laurent Wagner. Serão interpretadas obras de Haydn, Schoenberg e Wagner.

No dia seguinte (domingo 5 de Abril) a Orquestra do Algarve estará na Arena d 'Évora às 17h. Será interpretado o “O Quebra-Nozes” de P. Tchaikovsky

Em Lisboa teremos no Sábado no CCB a "Paixão segundo S. Mateus" pelo Divino Sospiro e Grupo Vocal Officium. Será às 21h.

Também no Sábado e ainda em Lisboa teremos na Academia das Ciências de Lisboa teremos um concerto intitulado "Música no Brasil Colonial V" - Calíope dirigido por Julio Moretzsohn. Sábado 4 de Abril às 21h. Obras de José Joaquim Emérico Lôbo de Mesquita, José Maurício Nunes Garcia, João de Araújo Silva, Manoel Dias de Oliveira e um Anónimo do século XVIII.

Ainda na zona de Lisboa mais precisamente no Estoril teremos o "Concerto de Páscoa" pela OCCO dirigida por Nikolay Lalov. Será no Domingo às 18h na Igreja dos Salesianos (Estoril). A OCCO será acompanhada pelo baritono Diogo Oliveira na interpretação de obras de Purcell, Haydn e Händel.

Na invicta cidade do Porto teremos integrado no habitual ciclo de "Concertos Promenade" no Coliseu do Porto, Domingo pelas 11:30 "O Aprendiz de Feiticeiro" de Dukas. Concerto com a Orquestra Sinfónica da ESMAE dirigida pelo Maestro António Saiote.

A mesma Orquestra actuará um pouco mais tarde também no Domingo dia 5 de Abril, pelas 17h no Centro Cultural Vila Flor (Guimarães) num concerto intitulado "Amor e Magia". Orquestra dirigida por Cesário Costa.

Melhor Concerto de Violino - Actualização da Votação

Ora bem temos neste momento 105 votantes (+15 do que no anterior post) na eleição do nosso concerto de violino preferido.

O concerto para Violino de Beethoven mantém-se na frente com 26 votos mais 6 do que o Concerto de Tchaikovsky segundo classificado. Registam-se 193 votos (+21 do que no anterior post) apenas um pouco mais do que um voto por pessoa.

Vamos continuar a actualizar esta lista. Faltam 8 dias (-5 do que na anterior actualização) para terminar a votação. Completou-se a lista com a descrição dos concertos de Sibelius e de Stravinsky.

1º Beethoven (Op. 61) .................. 26 votos (info. aqui)
2º Tchaikovsky (Op. 35) ................ 20 votos (info. aqui)
3º Bach (BWV 1041) ..................... 17 votos (info. aqui)
4º Mendelssohn (Op. 64) ................ 16 votos (info. aqui)
5º Brahms (Op. 77) ..................... 15 votos (info. aqui)
6º Sibelius ............................ 13 votos (info. aqui)
7º Mozart nº 3 (K. 216) ................ 12 votos (info. aqui)
8º Stravinsky .......................... 10 votos (info. aqui)

9º Bruch ............................... 09 votos (info. aqui)
10º Paganini (Op. 6) ................... 08 votos (
info. aqui)
11ºs Shostakovich ...................... 07 votos
(info. aqui)
11ºs Prokofiev ......................... 07 votos
13ºs Kachaturian ....................... 06 votos (info. aqui)
13ºs Glass ............................. 06 votos
15º Elgar .............................. 05 votos (info. aqui)
16ºs Saint Saens ....................... 04 votos (info. aqui)
16ºs Vieuxtemps ........................ 04 votos (info. aqui)
18ºs Korngold .......................... 03 votos
(info. aqui)
18ºs Glazunov .......................... 03 votos
20ºs Dvorak ............................ 02 votos

Oportunidades na Amazon