terça-feira, 24 de março de 2009

Mozart - 3º Concerto para violino (K. 216)

Curiosamente quando escrevemos sobre Mozart falamos de vários dos seus concertos para Violino e Orquestra mas não deste que até é provavelmente dos cinco o mais "popular" para não utilizarmos a designação "melhor" que seria complicada num conjunto de cinco concertos todos compostos aproximadamente no mesmo ano (1775) todos obras "de juventude" de Mozart (que na altura tinha 19 anos).

Não deixam por isso de ser obras interessantes e relevantes. Como seria de esperar são concertos que são profundamente clássicos na sua forma em três andamentos. Apesar disso é este concerto que marca a maturidade de Mozart. Aqui já não existe um modelo que foi seguido. Existe criação artística original. Mozart que era um extraordinário violinista (para além de pianista e compositor) faz neste concerto uma espécie de declaração de independência.

O primeiro andamento (Allegro) começa praticamente com o primeiro tema . Oiçam aqui Isaac Stern na sua interpretação.

O segundo andamento (Adagio) tambésm começa com o tema principal do andamento. Oiçam aqui uma interpretação de Zukerman.

Oiçam aqui o terceiro andamento (rondo) interpretado por um jovem de 12 anos (na altura desta gravação), Francisco Montalvo que tive a feliz oportunidade de conhecer há uns dias numa Master Class. Francisco Montalvo para além de ser um talento, um exemplo de trabalho é também um modelo de simplicidade e simpatia.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Oportunidades na Amazon