domingo, 21 de outubro de 2012

Lista dos melhores 112 pianistas do Século XX ao XXI

Tal como na nossa lista de violinistas optamos pelo critério discutível de apenas incluir pianistas de que existissem gravações. Ficam assim obviamente de fora desta lista pianistas célebres como Chopin ou Liszt só para citar dois dos mais recentes entre os excluídos. A lista está ordenada cronologicamente por data de nascimento. Para cada pianista incluímos (ou iremos incluir) uma (muito) curta nota biográfica e sempre um link para uma gravação no You Tube ou outro local publicamente disponível (a lista ainda está em construção e por isso algumas entradas hoje ainda não terão toda esta informação).

Esta lista foi elaborada com base em várias fontes e por isso é possível que me tenha escapado algum nome relevante. Não se inibam de propor modificações. Tal como para os violinistas esta lista não será completada de uma única vez, iremos pois ter várias actualizações a este post.

Obviamente nesta lista estão todos os 20 e mais alguns que já tínhamos citado nesta dupla lista de 10 pianistas. Notem que como queremos limitar a 112 poderão existir posteriormente algumas saídas. Se o tivermos de fazer os primeiros que sairão serão aqueles ou aquelas que se notabilizaram também por outras formas quer sejam compositores ou maestros excepto se a carreira enquanto pianista tiver sido a sua principal actividade (ou seja ainda assim incomparável) desse ponto de vista também.

No que diz respeito a avisos gostaria também de vos dizer que se é relativamente fácil chegar a uma lista de digamos 30/40 nomes relativamente indiscutíveis a escolha depois torna-se muito difícil  Tão facilmente como encontramos mais 60 verdadeiramente excelentes pianistas poderíamos ter escolhido outros 112 ... É uma questão de gosto pessoal ... e por isso peço-vos que se tiver esquecido o vosso pianista preferido há dois casos possíveis:

a) Está na lista dos 30/40 indiscutíveis e eu não o considerei. Mereço castigo e nesse caso será bem entendido imediatamente adicionado. Os indiscutíveis estão referidos com um (*) para que saibam ...
b) Está na segunda categoria e aí ... bom veremos se com os meus critérios faz sentido substituir algum dos já considerados.

Por fim é verdade que esta lista está muito possivelmente desequilibrada relativamente a mais jovens músicos que um dia possivelmente também farão parte desta lista ... Talvez a tenha de expandir para 224 pianistas daqui a uns anos, mas por agora fica assim. Uma coisa garanto, qualquer um dos 112 que aqui estão são excelentes interpretes e os extractos que escolhi são horas de música entre as quais estão algumas gravações e momentos históricos. Divirtam-se e não se coíbam de comentar, discordar, ... 

Ah e porquê 112 e não 100 ? Bem há duas razões. A prática e a poética. A prática é que já não conseguia cortar mais nomes para ficar só com 100. A Poética, bem é um por ano de 1900 a 2012. A propósito não venham dizer que sendo assim deveriam ser 113. A minha formação de engenharia e de programação sabe bem isso, mas poesia é poesia e logo liberdade poética aplica-se neste caso, prefiro números pares :-)

A razão pela qual irão encontrar o número de videos presentes no You Tube sobre cada pianista é dada para que possam ter uma ideia do número de alternativas que têm para além da selecção que efectuei.
  1. Ignace Paderewski* (1860-1941) : Valsa Brilhante de Chopin . 172 vídeos no You Tube.
  2. Emil von Sauer (1862-1942) : Estudo transcendental nº 9 
  3. Moriz Rosenthal (1862-1946) : Sonata de Chopin nº 3
  4. Alexander Siloti (1863-1945) : Uma interpretação de Liszt Benediction de Dieu.
  5. Eugen d'Albert (1864-1932) Au bord d´une source (Liszt)
  6. Vianna da Motta (1868-1948) : Polonaise de Chopin .
  7. Leopold Godowsky (1870-1938) : Pianista de origem Lituana (nasceu perto de Vilnius). Sonata Nº 2 de Chopin . 557 vídeos no You Tube ("Leopold Godowsky play").
  8. Scriabin (1872-1915) -  Uma peça do próprio compositor.
  9. Sergei Rachmaninov* (1873-1943) : Concerto nº 2 de Rachmaninoff  . Obviamente pelo próprio numa gravação de 1929 com a Orquestra de Filadélfia dirigida por outro grande monstro da música do século XX, Leopold Stokowski.  
  10. Harold Bauer (1873-1950) : Etude de Concert de Liszt
  11. Josef Lhévine (1874-1944) : Polonaise de Chopin
  12. Marguerite Long (1874-1966) :  Concerto para Piano nº 2 de Ravel  . 1070 vídeos no You Tube fazem-lhe referência quer dela quer de seus alunos.
  13. Ricardo Viñes (1875-1943) : Pianista espanhol nascido em Lleida a 5 de Fevereiro de 1875. Fazia parte do grupo dos "Apaches" que incluía entre outros Stravinsky e Ravel. Por essa razão estreou muitas das obras de Ravel. Detestando a gravação há infelizmente poucos registos deste pianista. Escolhi uma gravação de Miroirs (precisamente dedicada aos membros desta sociedade de artistas, "Les Appaches").
  14. Alfred Cortot* (1877-1962) : L´Adieu de Chopin e Die Dichter Spricht - 1.560 vídeos no You Tube. 
  15. Rudolph Ganz (1877-1972) : Bolero de Ravel (numa gravação em piano com rolo).1160 vídeos no You Tube.
  16. Ossip Gabrilowitsch (1878-1936) - Schumann Op. 99 numa gravação de 1924. 50 vídeos no You Tube
  17. Olga Samaroff (1880-1948) - Brahms Intermezo Op. 117 Nº1 numa gravação de 1926. 113 vídeos no You Tube
  18. Nicolai Medtner (1880-1951) - Op. 18 do próprio. 715 videos mas a maioria senão a totalidade dos restantes são de outros pianistas interpretando obras de Medtner. 
  19. Ignaz Friedman (1882-1948) - Chopin Op. 55 nº 2 (Nocturno) - 225 vídeos no You Tube
  20. Artur Schnabel* (1882-1951) - Concerto nº 22 de Mozart com a Filarmónica de Nova Iorque dirigida por Bruno Walter uma gravação de 1941 -  1.880 vídeos no You Tube.
  21. Wilhelm Backhaus* (1884-1969) - Concerto para Piano e Orquestra Op. 58 de Beethoven  com a Filarmónica de Viena dirigida por Karl Bohm uma gravação de 1967 (com vídeo e realizada apenas dois antes do pianista falecer). 965 vídeos no You Tube
  22. Edwin Fischer (1886-1960) - O Cravo Bem Temperado de Bach - 853 Vídeos no You Tube
  23. Arthur Rubinstein* (1887-1982) - Liszt Liebestraum nº 3 9.010 vídeos no You Tube
  24. Paul Wittgenstein (1887 - 1961) - Pianista austríaco nascido em Viena conhecido pelo facto de ter perdido o braço direito durante a primeira guerra mundial. Após esse infeliz acontecimento persistiu na carreira tendo pedido a vários compositores que escrevessem obras para ele entre as quais a mais conhecida terá sido o Concerto para a Mão Esquerda de Ravel. Esta gravação de 1937 com a Orquestra do Concertgebouw dirigida por Bruno Walter é sem dúvida um documento histórico. 239 vídeos no You Tube.
  25. Zbigniew Drzewiecki (1890-1971) - Pianista Polaco nascido a 8 de Abril de 1890 em Varsóvia teve uma influência enorme na interpretação pianistica não só pelas suas interpretações mas sobretudo pelo conjunto de alunos (alguns dos quais estão nesta nossa lista). Especialista de Chopin as gravações existentes são autênticas referências. Chopin Op. 15.
  26. Marcel Ciampi (1891-1980) - Chopin Andante Spinato et Grande Polonaise . 
  27. Serguei Prokofiev* (1891-1953) - Prokofiev interpreta Prokofiev
  28. Walter Gieseking (1895-1956) - Sonatas de Scarlatti - 1490 vídeos no You Tube
  29. Clara Haskil (1895-1960) - Schumann Kindersezen - 1260 vídeos no You Tube
  30. Guiomar Novaes (1895 - 1979) - Concerto para piano nº2 de Chopin Orquestra Sinfónica de Viena dirigida por Otto Klemperer numa gravação de 1951. 601 vídeos no You Tube
  31. Wilhelm Kempff* (1895-1991) - Sonata "A Tempestade" de Beethoven Op. 31 nº 2 3120 vídeos no You Tube
  32. Francis Poulenc (1899-1963) : Interpretando o seu concerto para dois pianos.
  33. Maria Yudina (1899-1970) - Um dos poucos artistas da União Soviética que se podem gabar ter sido opositores claros do regime Estalinista e sobrevivido. O concerto para piano nº 23 de Mozart conta-se pode ter tido uma influência fundamental nesse desfecho. 508 Videos no You Tube.
  34. Robert Casadesus* (1899-1972) - Feux d´artifice de Debussy - 889 vídeos no You Tube
  35. Vladimir Sofronitsky (1901-1961) - Nocturnos de Chopin Op. 27 - 629 vídeos no You Tube
  36. Paul Baumgartner (1903-1976) - Pianista Suíço nascido no dia 21 de Julho de 1903 hoje em dia especialmente conhecido pelos seus alunos entre os quais Brendel claro, não deixa por isso de ser um notável pianista que merece estar nesta lista. Faleceu em Basileia a 19 de Outubro de 1976. Artisticamente a sua colaboração com Casals deu excelente frutos entre os quais seleccionamos a Sonata da Gamba nº 2 de Bach . 403 vídeos  no You Tube (mas não todos dele ... )
  37. Claudio Arrau* (1903-1991) : Pianista chileno nascido a 7 de Fevereiro de 1903 em Chillán claramente um dos pianistas mais influentes deste século. Faleceu a 9 de Junho de 1991 com 88 anos e quando fazia uma tournée na Europa. Possui na sua vasta discografia várias obras que são referência. Entre os vários que poderia escolher proponho-vos um vídeo completo do grande mestre interpretando o 5º Concerto para Piano de Beethoven numa das suas ultimas aparições públicas. 3180 vídeos no You Tube
  38. Vladimir Horowitz* (1903-1989) - Liszt Consolation nº 3 - 8.820 vídeos no You Tube
  39. Rudolf Serkin (1903-1991) - Concerto nº 5 de Beethoven - 1.080 vídeos no You Tube
  40. Clifford Curzon (1907-1982) - Schubert Moment Musical em Fá Menor e Impromptu em Lá bemol Maior -214 vídeos no You Tube
  41. Maria Grinberg (1908-1978) - Sonata nº 32 de Beethoven Appassionata. 242 vídeos no You Tube.
  42. Felicja Blumental (1908-1991) Sonata de Carlos Seixas
  43. Ray Lev (1912-1968) : Pianista americana de origem Russa (nasceu em Rostov mas os pais levaram-na muito jovem para os Estados Unidos). Teve uma carreira brilhante até que em 1948 se assumiu abertamente como comunista o que nos Estados Unidos da altura equivaleu ao quase ostracismo total. Allegreto de Schubert D  915. 379 vídeos no You Tube mas a maioria não são sobre a pianista.
  44. Shura Cherkassky (1909-1995) - Schubert Impromptus D. 899 - 393 vídeos no You Tube
  45. Nikita Magaloff (1912-1992) - Concerto nº1 de Rachmaninoff - 275 vídeos no You Tube 
  46. Helena Sá e Costa (1913-2006) :  Consegui encontrar pouquissimos vídeos de interpretações de Helena Sá e Costa aliás a bem dizer apenas encontrei o Concerto para Piano de Armando José Fernandes (1906-1983).
  47. Jorge Bolet (1914-1990) : Concerto nº3 de Rachmaninoff
  48. Rosalyn Tureck (1914-2003) : Bach Capriccio BWV 992- 549 vídeos no You Tube
  49. Sviatoslav Richter* (1915-1997) : Beethoven, Schumann, Debussy e Rachmaninoff  um recital completo gravado em Moscovo em vídeo em 1976, mais de uma hora com o grande mestre ao piano : 5520 vídeos no You Tube
  50. Emil Gilels* (1916-1985) : Bach Prelúdio em Si Menor Escolhido apesar de um irritante ruído na gravação porque sinceramente é para mim inspirador como uma composição tão simples pode ser interpretada com tantos níveis de profundidade. Gravado no grande auditório do Conservatório de Moscovo - 3.290 vídeos no You Tube
  51. Dinu Lipatti* (1917-1950) :  Bach, Mozart, Schubert, Chopin, numa gravação ao vivo efectuada no Festival Internacional de Besançon a 16 de Setembro de 1950. Uma gravação histórica porque foi o ultimo recital deste grande pianista, aqui temos a sorte de ter o recital completo mais de uma hora de música - 1.520 vídeos no You Tube
  52. Arturo Michelangeli* (1920-1995) : Bem a primeira obra que vos mostro é especial porque é a que estou neste momento a aprender: La Fille aux Cheveux de Lin de Debussy. Claro que Debussy seria sempre para Michelangeli uma escolha pertinente mas para uma obra um pouco mais desafiante proponho um outro compositor do qual Micheangeli era considerado especialista, Ravel. Concerto para piano em Sol Maior.
  53. Georges Cziffra (1921-1994): Proponho que oiçamos o Estudo Transcendental nº 5 de Liszt. 1590 resultados de pesquisas no You Tube.
  54. William Kapell (1922-1953): O concerto para piano e orquestra de Kachaturian fez a fama deste pianista que morreu num acidente de avião ainda muito novo.  323 resultados no You Tube.
  55. Gáza Anda (1922-1976): Para este pianista só poderia ser Mozart. Proponho assim o K. 451 numa gravação de 1968 com a British Chamber Orchestra conduzida pelo próprio pianista. 2690 resultados no You Tube.
  56. Halina Czerny-Stefańska (1922-2001) : Esta pianista tinha um reportório bastante limitado pouco tocando obras além das de Chopin, mas nessas temos de ter total atenção porque estamos na presença de alguém que realmente conseguia captar a alma do compositor. Andante Spinato - Grande Polonaise. 179 resultados no You Tube.
  57. Menahem Pressler (1923) - Mozart concerto nº 17 - 261 vídeos no You Tube
  58. Alicia de Larrocha (1923–2009): Possivelmente a maior pianista espanhola de sempre. Tal como já fizemos em outros posts recomendamos Albeniz - Ibéria onde é incomparável. 1540 resultados no You Tube.
  59. Samson François (1924-1970) : Este pianista franÇ~es é especialmente conhecido pelas suas interpretações de Chopin, Schumann, Debussy e Ravel. Para variarmos um pouco nos compositores e obras representadas nesta lista desta vez vamos escolher uma obra de um outro compositor francês, Fauré - Nocturno nº 2 . 1170 resultados na pesquisa do You Tube
  60. Yvonne Loriod (1924-2010): Segunda esposa de Messiaen, pelo que logicamente escolhi uma peça deste compositor apesar de não ser como sabem a minha preferência. Oiseaux Exotiques. 263 resultados na pesquisa do You Tube.
  61. Aldo Ciccolini (1925-) : Pianista franco-italiano nascido em Nápoles, aluno de Busoni . Proponho uma interpretação do Op. 62 nº 1 de Chopin.
  62. Paul Badura-Skoda (1927-) : Pianista austríaco nascido a 6 de Outubro de 1927 em Viena. Este recentemente em Portugal na Semana Internacional de Piano de Óbidos em 2010. É dos poucos músicos que gravou as integrais das Sonatas de Mozart, Beethoven e schubert tanto em instrumentos actuais como em instrumentos de época.  Sonata para Violino e Piano nº7 em Dó Maior. A propósito nesta gravação no Violino podem ouvir David Oistrack naquela que terá sido uma das suas ultimas gravações (1974). 933 vídeos no You Tube.
  63. Charles Rosen (1927-)  rondo alla turka
  64. Vitaly Margulis (1928-2011): Pianista de origem ucraniana professor no conservatório de Leninegrado até 1974 altura em que emigrou para o Ocidente (para quem já não se lembra na altura ainda existia o muro e o bloco de leste). Começou por ser professor na então Republica Federal da Alemanha tendo muito posteriormente aceite ensinar na UCLA. Esteve entre nós por várias vezes a ultima das quais no Festival Internacional de Óbidos. O seu pai, o seu primeiro professor, foi aluno de um aluno de Scriabin razão pela qual o exemplo que escolho é precisamente deste compositor. Sonata nº3 de Scriabin.
  65. Leon Fleischer (1928-) : Um pianista especialmente conhecido pelas suas interpretações de Beethoven e Brahms enquanto "criança prodígio . Posteriormente perdeu durante vários anos a possibilidade de utilizar a mão direita devido a uma doença neurológica. A gravação que vos proponho é já dos anos 80 depois do pianista ter recuperado da sua doença. O Concerto nº 1 de Brahms com a Orquestra da RAI dirigida por Lawrence Foster. 441 resultados na pesquisa do You Tube.
  66. Byron Janis (1928-) . Paganini Rhapsody de Rachmaninoff . 353 resultados de pesquisa no You Tube
  67. Sequeira Costa (1929-) : Sobre este pianista terei de escrever brevemente mais longamente, projecto já demasiadas vezes adiado. Por agora fiquem com um concerto que me faz sempre chorar, o Segundo Concerto para Piano de Rachmaninoff. 386 resultados na pesquisa do You Tube.
  68. Friedrich Gulda (1930-2000) : Concerto nº 5 de Beethoven
  69. Alfred Brendel* (1931-)
  70. Glenn Gould* (1932-1982) 
  71. Tamas Vasary (1933-)
  72. Philippe Entremont (1934-) : Pianista Francês nasceu em Reims a 7 de Junho de 1934. Aluno de Marguerite Long . Uma das obras em que é uma das referências é precisamente o 4º Concerto para Piano de Saint Saens. 2150 videos no You Tube.
  73. Van Cliburn* (1934-)
  74. Igor Zhukov (1936-)
  75. Peter Schmalfuss (1937-2008) : Pianista alemão sobretudo conhecido pela sua capacidade de leitura à primeira vista e pelas frequentes substituições de outros pianistas de maior cartaz por esse facto. Nunca gravou para uma grande editora. Curiosamente e talvez por isso (por ter gravado para editoras "populares" o seu sucesso no You Tube é notável com mais de 35.000 vídeos ...  Sobretudo especialista de Chopin escolhemos a Valsa Op. 64 Nº 2 .
  76. Michael Ponti (1937-) Scriabin Op.18- 461 vídeos no You Tube.
  77. Ruth Laredo (1937-2005)
  78. Vladimir Ashkenazy* (1937-)
  79. Roberto Szidon (1941-2011)
  80. Marta Argerich* (1941-) . Uma daquelas pianistas em que é difícil escolher uma obra entre as várias em que não tem efectivamente comparação. Acabei por escolher o Terceiro Concerto para Piano de Rachmaninnoff. 9540 resultados de pesquisa no You Tube
  81. Roger Woodward (1942-)
  82. Daniel Barenboim* (1942-)
  83. Mauricio Pollini (1942) - Nocturno nº 8 de Chopin - 2360 vídeos no You Tube
  84. Richard Goode (1943-)
  85. Maria João Pires (1944-)
  86. Nelson Freire* (1944-)
  87. Radu Lupu (1945-) : Pianista Romeno nascido a 30 de Novembro de 1945 em Galati. Vencedor de alguns prestigiados concursos e considerado um especialista de Schubert. Sonata Nº 15 de Schubert. 784 vídeos no You Tube.
  88. Christoph Eschenbach (1946-)
  89. Murray Perahia (1947-)
  90. Mitsuko Ushida (1948-) Mozart Adagio K. 540 -  1700 videos no You tube.
  91. Anne Queffélec (1948-)
  92. Grigory Sokolov (1950)
  93. Pascal Rogé (1951-) - Saint Saens Concerto para Piano Nº 5 - 2010 Videos no You Tube.
  94. Andrei Gravilov (1955-)
  95. Robert Taub (1955-)
  96. Youri Egorov (1954-1988) - 
  97. Mikhail Pletnev (1957-) Concerto para piano e orquestra nº1 de Tchaikovsky - 1450 vídeos no You Tube.
  98. Pierre Laurent Aimard (1957-) : Pianista francês nascido em Lyon a 9 de Setembro de 1957. Apesar de ter uma reputação especialmente baseada nas obras contemporâneas não deixa de ser um grande interprete de obras do período barroco e clássico. Neste caso escolhemos um extracto da Arte da Fuga de Bach. 535 videos no You Tube.
  99. Angela Hewitt (1958-)
  100. Piers Lane (1958-) : Pianista australiano embora nascido em Londres a 8 de Janeiro de 1958, membro honorário da Real Academia de Música. Possui uma extensa discografia gravada pela Hyperion entre os Estudos de Scriabin que escolhemos para ilustrar esta entrada. 526 vídeos no You Tube.
  101. Stephen Hough (1961-)
  102. Marc André Hamelin (1961) - Rachmaninoff Op. 32 nº 5 
  103. Jean Yves Thibaudet (1961-)
  104. Sandrine Erdely-Sayo (1968-) - Rapsódia Húngara nº 6 de Liszt . 9 resultados no You Tube
  105. Piotr Anderszewski (1969) : Pianista Polaco (nasceu em Varsóvia a 4 de Abril de 1969) embora de raízes húngaras. Muito conhecido pelos vários filmes que fez com Bruno Monsaingeon. esteve recentemente em Lisboa no Festival Internacional do Filme no Estoril. Suite Francesa de Bach . 249 Vídeos no You Tube.
  106. Helene Grimaux (1969-)
  107. Boris Berezovsky (1969)
  108. Nicholas Angelich (1970-) : Variações Goldberg de Bach - mas sobretudo o Concerto Nº 2 de Brahms compositor do qual Nicholas é hoje um dos grandes especialistas. 
  109. Evgeny Kissin (1971-)
  110. Nicolai Lugansky (1972-) : Concerto para piano e orquestra nº 3 de Rachmaninoff . 717 vídeos no You Tube
  111. Paul Lewis (1972-) : Nasceu a 20 de Maio de 1972 em Liverpool. Já gravou a integral das sonatas de Beethoven tendo os vários discos que a compõe sido individualmente consideradas nas escolhas do editor da prestigiada revista Gramophon. Concerto Nº 4 para Piano de Beethoven - 1310 vídeos no You Tube.
  112. Lang Lang (1982-)

38 comentários:

  1. Dado que já fez a ressalva de que a lista é pessoal, não posso deixar de obstar que há ausências "ensurdecedoras"...

    Ivo Pogorelich
    Krystian Zimmerman
    Byron Janis
    John Ogdon
    Ivan Moravec
    Julius Katchen
    Zoltan Kocsis

    ????

    ResponderEliminar
  2. Bom nós não queremos ausências desse tipo ... Vejamos então um a um as suas propostas:
    Ivo Pogorelich: Polémico, muito polémico pianista. No estilo de Glenn Gould mas penso que sem o mesmo rigor artístico. Poderia ter sido um dos grandes um dos maiores mesmo, acho que ficou muita coisa por provar. Ainda o poderá fazer? Talvez embora estes últimos anos não tenham sido fáceis ... Concordo que tem algumas coisas de génio.
    Krystian Zimmerman: Poderia sem dúvida estar na lista. Nas peças românticas é uma das referências a questão é tiro quem?
    Byron Janis: Pois este foi mesmo um esquecimento imperdoável ... vai ter de entrar na lista.
    John Ogdon : Um dos casos que eliminei porque a sua carreira enquanto compositor é pelo menos tão relevante quanto a de pianista ...
    Moravec: Poderia estar mas não sei quem tirar ...
    Julius Katchen: Idem ...
    Zoltan Kocsis: idem ...
    Em resumo na verdade dos nomes que referiu todos poderiam estar na lista. Um foi cortado porque sendo também compositor esse foi um dos critérios de exclusão que utilizei. O Byron Janis foi mesmo um esquecimento imperdoável terá de entrar - todos os outros é uma questão de preferência pessoal, creio que não existe nenhum caso que seja mais ensurdecedor do que os nomes que teria de retirar para estes entrarem, com a já citada excepção ... argh ... vou ter de tirar alguém da lista ...

    ResponderEliminar
  3. A lista não inclui Josef Hofmann e inclui Lang Lang?? Sacrilégio!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo, em primeiro lugar obrigado pela sugestão. Obviamente Hofmann teria lugar nesta lista embora como também saiba se a sua técnica era indiscutível já as suas interpretações não recolhiam propriamente uninamidade, mas foi considerado por alguns músicos como o melhor do século XX razão pela qual poderia estar na lista e vou ter de encontrar mais uma "vitima" para o introduzir. Não será porém Lang Lang com toda a certeza. Apesar de não gostar muito do folclore que se junta ao personagem temos de saber distinguir esse folclore do talento e esse Lang Lang também tem. Suficiente para ser um dos grandes pianistas do nosso século XXI. Em todo o caso obrigado por apontar esta falta.

      Eliminar
    2. No meu ponto de vista, para Lang Lang pertencer a essa lista, muitos outros nomes (alguns deles lendários discípulos de Liszt) teriam que ser incluídos primeiro. Alguns exemplos:

      Francis Planté (O único pianista gravado (e filmado!) que ouviu Chopin. Amigo pessoal de Liszt e muito apreciado pelo mesmo.)

      Arthur Friedheim (Indiscutível autoridade em Liszt.)

      Ferrucio Busoni (Um dos maiores pianistas do séc. XX. Sim, era compositor, mas Rachmaninoff, Paderewski, Motta, Scriabin, Sauer, d'Albert, Medtner, Prokofiev, também o eram.)

      Vladimir de Pachmann (O seu valor histórico é inegável, mas compreendo a sua exclusão da lista.)

      Simon Barere (A sua gravação da Réminiscences de Don Juan de Liszt é imperdível. Barere era mais um acrobata do piano que um artista completo. Um Lang Lang de uma geração passada...)

      Ervin Nyiregyházi (Imensamente polémico, talvez mais ainda que Pogorelich, mas extremamente criativo.)

      György Sándor (A grande autoridade em Bartók e amigo pessoal do compositor.)

      Lazar Berman (Quem pode esquecer as suas gravações dos Transcendentais de Liszt?)

      Alexis Weissenberg (Julgo não ser necessário explicar.)

      Frederic Rzewski (Pianista/compositor de talento inquestionável que criou uma das obras para piano mais brilhantes da segunda metade do séc XX - "The People United Will Never Be Defeated".)

      François-René Duchâble (Partilha o pódio de "maior pianista francês da actualidade" com Thibaudet.)

      Jack Gibbons (Inquestionável autoridade em Alkan, embora não possua o poder técnico sobre-humano de Marc-André Hamelin)

      Cyprien Katsaris (A "reencarnação" de György Cziffra.)

      Arcadi Volodos (O Horowitz do séc. XXI.)

      Embora não concorde com a totalidade da sua lista nem com a atribuição do título de "indiscutível" a Paderewski e Barenboim (Rosenthal seria merecedor dessa distinção), queria parabenizá-lo por incluir artistas injustamente esquecidos por muitos tais como Viñes, d'Albert, Motta, Godowsky e Kapell.

      Eliminar
    3. Eu sabia que ao fazer esta lista me ia deparar com escolhas difíceis. A maioria desses nomes estiveram na lista mas foram cortados. Agora que tenho uma perspectiva melhor sobre a globalidade dos pianistas vou voltar a considerar todas estas alternativas. Em muitos casos tendo a concordar consigo. Prometo uma revisão e obrigado pelos parabéns. PS: Para mim Barenboim é mesmo indiscutível ...

      Eliminar
  4. Nossa... Lang Lang na lista e pianistas como Zimerman e Katchen fora...

    Aliás, o Pollini deveria ter o * dos indiscutíveis.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo,
      Para mim Lang Lang tem lugar nesta lista. Sei perfeitamente que é uma escolha polémica mas acho que da mesma forma que a sua elevação ao titulo de melhor de sempre é um exagero também a sua redução ao "fireworks" que rodeia a sua promoção é não conseguir ver o talento inegável do pianista ... Pollini como indiscutível, talvez vou considerar. Quanto a Zimerman e Katchen são obviamente dois excelentes pianistas. Bem se calhar terei de alargar esta lista para 200 ... ou mesmo para 1.000 + 1 ... o "tal" chinês (piada só para quem ouviu Paulo Futre dirigindo-se aos sócios do Sporting Clube de Portugal)

      Eliminar
  5. Caro Fernando Vasconcelos

    Permita-me que aproveite este tópico para fazer um reparo, não em relação à lista dos mais importantes pianistas do século passado e do presente pela simples razão de que não me considero com competência para tal, mas para fazer lhe fazer um apelo, já que pelo que tenho lido aqui no seu blogue é um fervoroso defensor do rigor científico e histórico no que diz respeito à música e a tudo o que é português.

    Ao comprar a última revista DIAPASON, nº614 de Junho, encontrei num artigo dedicado aos quinze principais pianistas espanhóis "15 grands d'Espagne" o pianista português SEQUEIRA COSTA como sendo espanhol. Não sei como interpretar esta atitude, erro, distracção (?) de uma revista com o prestígio da Diapason. Eu, por mim, vou enviar um mail a exigir a reposição da verdade. Não sei se dará frutos isoladamente, mas penso que em conjunto com todos os que ainda pensam em Portugal como a sua pátria e a sua cultura o seu maior património escrevessem à dita revista a exigir a reposição da verdade talvez a probabilidade de se conseguir alguma coisa fosse maior.

    Cordialmente

    Adrião Baptista
    (leitor assíduo desta página)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Adrião Baptista

      Esse erro é inaceitável. Obviamente vou também enviar email a pedir a reparação do erro. Dependendo da resposta da Diapason logo veremos o caminho a tomar.

      Obrigado pelas suas palavras é sempre muito bom saber-se lido.

      Fernando Vasconcelos

      Eliminar
  6. Por que nao põe scott Joplin Arthur cesar

    ResponderEliminar
  7. Porque não põe scott Joplin...teve até filme próprio rsrsrs

    ResponderEliminar
  8. Esquecer de por Debussy é um grande erro. Ele foi muito bom no que fazia. Parece que você só pois pianistas pela a habilidade , e não pela revolução em si que fez. Debussy não poderia faltar,o mesmo fez mudanças drásticas em técnicas pianísticas. Realmente isso foi um erro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. José , na lista eu procurei incluir pianistas que possam ter gravado, ou seja de que sejam conhecidos registos sonoros. Debussy faleceu em 1918 e pelo que sei as gravações que existem são "rolos de piano" que são essencialmente mecânicas não dando a ideia das dinâmicas que o compositor ou o interprete desejava. Apenas por essa razão não o inclui como também não inclui muitos outros grandes pianistas que faleceram no inicio do século sem terem uma oportunidade de verdadeiramente fazer gravações ...

      Eliminar
  9. Aumente logo essa lista e evite injustiças. Um abraço!!!

    ResponderEliminar
  10. Á minha vista está mesmo mal ou não vejo o Glenn Gould? Há umas certas variações de 55 que ....enfim

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Glenn Gould está na lista , entrada 70 e com o * dos indiscutíveis.

      Eliminar
  11. Myra Hess (britânica), Freddy Kempf (britânico), Arthur Moreira Lima (Brasileiro), João Carlos Martins (Brasileiro), Valentina Lisitsa (Ucraniana) e Wanda Landowska (ela não era só cravista). Eu manteria Lang Lang na lista, mas concordo que ele figure sem “asterisco”.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Carmelio,
      João Carlos Martins conheço bem assim como Valentina Lisitsa ambos poderiam estar na realidade nesta lista. Estou a recolher todas estas sugestões espero ainda este ano poder fazer uma versão melhorada da mesma.

      Eliminar
  12. Nelson Freire com asterisco??? Inaceitavel!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Rogério Ibrahim,
      Suponho que sabe que o asterisco significa nesta lista que se trata de um indiscutível. Para mim é indiscutível que se trata de um dos melhores pianistas de sempre. Mas claro cada um terá as suas opiniões. Felizmente eu não estou sozinho nesta minha percepção. Veja por exemplo este documentário: https://www.youtube.com/watch?v=rpdoE7iWbJk

      Eliminar
  13. Nelson Freire com asterisco??? Inaceitavel!

    ResponderEliminar
  14. Parabens pela capacidade musical de montar uma lista com os maiores genios musicais.Mas fica aqui meu voto, da minha pianista favorita, uma das melhores dessa nova geraçao, Yuja Wangm, onde que ela toca com tamanha virtuosidade, que expressa emoçao de alma na musica, voo do besouro, (the flight of the bumblee-bee).

    ResponderEliminar
  15. Olá! Pelo seu argumento, você já poderia adicionar à lista mais três pianistas, estamos em 2015. Mas acho que deveria adicionar muitos outros, independente do ano que estamos. Nos comentários há alguns que não podem faltar. Ter Ruth Laredo e não ter Byron Janis é um dos muitos exemplos de que a lista pode ser mais ampla, independente do ano em que estamos. Atenciosamente, M.A.

    ResponderEliminar
  16. Para mim faltou também a pianista francesa Brigitte Engerer, grande intérprete de Chopin que falecera em 2012.

    ResponderEliminar
  17. Essas listas sempre geram muita polêmica mesmo. Mas numa visão geral, parabéns pelo trabalho e pela sua pesquisa. Alguns desses pianistas eu não conhecia. Vou ouvir todos os que você sugeriu. Você poderia sugerir algumas interpretações também. Até logo.

    ResponderEliminar
  18. ótimo trabalho. Concordo com o anonimo que Busoni e Volodos devem entrar na lista. E acho que o Evgeny Kissin merecia galgar muitas opções. Chegou a considerar Camille Saint-Saens e a Yuja Wang? abs, eduh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Atenção que a ordem é meramente cronológica por data de nascimento.

      Eliminar
  19. Senti a ausência das grandes pianistas brasileiras Magdalena Tagliaferro ,e Guiomar Novaes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Guiomar Novaes sempre esteve na lista ... veja no nº 30.

      Eliminar
  20. Eu senti a falta da Annie Fischer, e principalmente do Earl Wild! E também da Idil Biret, que era considerada por Wilhelm Kempff sua "aluna preferida" .

    ResponderEliminar
  21. Independentemente de nao haver referencia a alguns virtuoso pianistas, felicito quem escreveu todo este artigo, se o escreveu de raiz. Um excelente trabalho de pesquisa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A lista foi inteiramente compilada por mim. Obviamente eu não tenho pretensão a ser um avaliador profissional de instrumentistas. No disclaimer deste blog está tudo explicado sobre o que sou e o que não sou ... Quanto a faltas - claro que podem faltar dezenas de pianistas precisamente porque se trata de uma recolha pessoal e uma escolha subjectiva até porque se cruzam épocas, formas de interpretar e mesmo qualidades de reprodução muito diversas. Gostaria muito de ter um dia tempo para melhorar esta lista com todas as vossas sugestões mas não tem sido infelizmente possível.

      Eliminar
  22. Peço desculpa, mas tenho que o dizer: é ridículo fazer uma lista dos "10", "20"...top "100" pianistas. Já reparou que fora da sua lista estão uns 50 que quase podiam estar nos 50 primeiros. Há ausências imperdoáveis. Ou acrescenta uns 50 nomes à sua lista ou a mesma torna-se um 'mau serviço' de informação. Esta sua última resposta não tem sentido. O tempo que anda a perder a responder já o ocupava a acrescentar alguns nomes aqui referenciados por visitantes. Sem desculpa. Isto é má informação ou desconhecimento de uma matéria em que não se deveria ter envolvido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Pulo Antunes
      Desconhecimento ou matéria onde não me deveria ter envolvido? Que eu saiba sou livre de publicar o que bem entendo quando entendo e da forma que entendo. Não obrigo ninguém a ler ou a consultar o que escrevo e tão pouco reclamo conhecimentos que não tenho. É a minha lista, o meu blog e quanto à qualidade da mesma e do blog enfim cada um é livre de julgar por si. Para mim é uma lista tão boa como dezenas ou centenas de outras. A utilização do meu tempo é meu privilégio e respondo porque acho que o devo fazer. Uma questão de respeito por quem me lê e se dá ao trabalho de opinar. Já alterar a lista para colocar nomes de pianistas que podem até "merecer" estar presentes mas que não conheço tão bem como outros "só" porque alguém os recomenda é coisa que nunca farei porque como explico, esta é a minha lista. E se acha que facilmente faz uma lista melhor então tem uma boa solução: compile e publique-a ... Mais ainda se a fizer eu prometo que a publico aqui no meu blog devidamente assinada por si e com igual destaque à minha. De resto obrigado pela sua franca opinião e pelo tempo que investiu em envia-la. Sinceramente aprecio mesmo que discorde do seu conteúdo. Grato pela sua visita.

      Eliminar

Oportunidades na Amazon