sábado, 9 de fevereiro de 2008

Recital de Ontem da Maria Viseu - Beethoven , Brahms e Mendelssohn

Como prometido hoje vou falar-vos um pouco mais do recital que fui ouvir ontem. Como vos tinha dito era um recital quase completamente do período romântico (excepção feita à peça de Beethoven). Como verão pelos extractos das peças que escolhi foi um recital muito interessante em que a Maria Viseu mais uma vez demonstrou ser já mais do que uma simples promessa. Claro que há ainda muito trabalho a fazer antes de estar ao nível dos que vamos aqui ouvir de seguida mas em meu entender tem potencial para lá chegar.

O programa começou com o primeiro andamento da Sonata Primavera (Opus. 24) de Beethoven. Foi um excelente começo. Já vos mostrei na Quinta duas interpretações excelentes deste primeiro andamento hoje ficam com uma das meninas bonitas do violino Nos dias de hoje deveria dizer "senhora", "menina" era mais no tempo de Karajan como também já vos mostrei neste blog. É uma interpretação muito diferente das que vos mostrei ontem (reparem nas variações de tempo). Podem ver este vídeo aqui.

De seguida pudemos ouvir a segunda sonata de Brahms para violino e piano. No Youtube não encontrei nenhuma interpretação aceitável por isso tive de criar o meu pequeno vídeo. Na realidade limitei-me a juntar uma fotografia do Brahms e do violinista Vladimir Kogan com uma interpretação do primeiro andamento desta sonata. Podem ver este pseudo-video aqui.

O programa do recital terminou com o ultimo andamento do concerto para violino em Mi Menor de Mendelssohn. Escolhi para ilustrar este andamento uma jovem violinista Sarah Chang que poderão ouvir com a Filarmónica de Nova Iorque dirigida por Kurt Masur aqui.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Oportunidades na Amazon