segunda-feira, 7 de maio de 2012

No dia de hoje há vinte anos

No dia de hoje faz vinte anos estava uma manhã de Sol , era Sol Maior com toda a certeza, na maternidade Alfredo da Costa esperando que nascesses. Não querias nascer como se te fosse importante escolher o dia 7 de Maio, um dia perfeito como tantas vezes dizes.

Tu não querias conhecer o mundo mas eu e a tua mãe mal podíamos esperar. Foste (és) um filho planeado e muito desejado. Porém apesar de todos os planos que pudéssemos ter feito veio a realidade superar toda e qualquer expectativa: Quando te decidiste a conhecer o mundo foi para o mudar de forma irreversível.

Para a tua mãe como sabes e eu repito-o na sua ausência eras o seu grande amor. Mesmo. De forma absoluta e indiscutível. Deves por isso sentir a falta do seu carinho, das suas brincadeiras do seu sorriso sempre que te via. Na sua ausência física digo-te eu em seu (nosso) nome: És o seu (nosso) grande amor.

Mudaste o nosso mundo mas sem dúvida mudarás (ainda) o mundo de tantas e tantas pessoas. Porque reconheço em ti a mesma atitude de total altruísmo e abnegação pelos seus amigos que conheci na tua mãe. Porque reconheço em ti as qualidades de carácter que sabes preservar. Porque te vejo saber separar o essencial da vaidade e do que é oco.

Continua assim Miguel porque o Mundo precisa de pessoas assim. Precisa mais disso do que qualquer outra coisa. Sempre em Sol Maior por certo.

PS: Só tens mesmo de jogar um bocado menos Football Manager (só um bocadinho :-))

2 comentários:

  1. Parabéns, Fernando, pela tua maior obra.

    Parabéns, Miguel, pelo teu dia.

    Beijinhos

    Céu

    ResponderEliminar

Oportunidades na Amazon