quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Tchaikovsky - Óperas - A Dama de Espadas e Eugéne Onegin e

Tchaikovsky escreveu mais de dez óperas (onze para ser exacto). Entre a sua primeira ópera "The Voevoda" (Op. 3) e a sua ultima obra "Iolanta" Op. 69 (e que como já referimos foi estreada em simultâneo com o Quebra Nozes) decorreu quase toda a sua carreira. Algumas das óperas que compôs perderam-se e o que é certo é que apenas duas são actualmente interpretadas de forma regular no Ocidente.

A primeira destas Óperas Eugene Onegin (Op. 24) foi composta entre 1877 e 1878. Trata-se de uma ópera em 3 Actos e 7 cenas estreada em Moscovo a 29 de Março de 1879 dirigida por Nikolai Rubinstein. O libreto é de Konstantin Shilovsky e do irmão de Tchaikovsky baseado na novela em verso de Aleksandr Pushkin. Esta ópera conta a história de um homem com um conflito de consciência por ter recusado o amor. Oiçam aqui um extracto de uma ária cantada por Renee Fleming.

A segunda ópera que é ainda hoje interpretada é a Dama de Espadas (Op. 68) composta em 1890. Trata-se de uma ópera também em 3 Actos e 7 Cenas estreada em São Pertersburgo em 19 Dezembro de 1890 dirigida por Eduard Nápravník. O libretto é de Modest Tchaikovsky adaptado de uma história de Aleksandr Pushkin's (note-se porém que o próprio Tchaikovsky fez uma série de alterações ao mesmo durante a composição). Esta ópera conta a história dos resultados da obsseção. Oiçam aqui um extracto de uma ária por Plácido Domingo e Gorchakova.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Oportunidades na Amazon