quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Mais um protesto - Neste caso nos Proms e ... um protesto artístico !

A indignação não é exclusiva do nosso povo e dos nossos sindicatos. Em Inglaterra nos Proms deste ano especialmente agitados ao que parece, depois dos protestos por causa da Orquestra de Israel seguiu um protesto de um ouvinte que achou que a Sinfonia de Bruckner que estava a ouvir estava a ser conduzida de forma demasiado lenta. Levantou-se e saiu gritando impropérios vários. Leia a história completa no blog do Alex Ross onde soubemos da história.

Alex Ross: The Rest Is Noise: The great Bruckner rumpus:

Depois o tal protestante explicou a sua acção no seu blog - que por acaso tomei a liberdade de comentar por duas vezes - dizendo que não tinha interrompido nada já que o maestro se tinha já encarregado de interromper tudo com a sua (na opinião do protestante) má interpretação da obra.

Confesso que temo que se isto pegar se comece a ir para a Gulbenkian de pauta e caneta na mão apontando os erros e dando notas aos maestros e ocasionalmente gritando: tempi, tempi agitando os braços para cima ou para baixo consoante as necessidades... Um festival sem dúvida.

Mas gosto da paixão demonstrada por Bruckner ...

1 comentário:

  1. Li a discussão, e acho os seus comentários muito sensatos.

    ResponderEliminar

Oportunidades na Amazon